artigo

DIÓGENES REBOUÇAS E A CIDADE DA BAHIA - ARMANDO AVENA

A sessão mal começou e um espírito se materializou. Era Diógenes Rebouças, o grande arquiteto baiano, e queria ver  Salvador. Desmaterializou-se e seu ectoplasma lançou-se pela janela, para sobrevoar a cidade.  Passou pela ponta de Humaitá e seguiu em direção ao Elevador Lacerda. Surpreendeu-se ao ver que os horríveis barracões do porto, construídos no século passado, ainda estavam lá  escondendo a vista da Baía de Todos os Santos. Havia um

O PROFETA DAS MULHERES - ARMANDO AVENA

Quando, ainda criança, li pela primeira vez o Evangelho chamou minha atenção que  na paixão de Jesus Cristo, que é relembrada nesta sexta-feira em todo mundo católico, só as mulheres estivessem lá para consolá-lo. Explicaram-me que seus discípulos fugiram para não serem presos ou mortos. Ora, pensei, as mulheres também podiam ser presas, mas já então eu havia percebido que as mulheres não abandonam. Mais tarde li novamente o Evangelho

VER SALVADOR E DEPOIS VIVER - ARMANDO AVENA

Um dia um poeta, encantado com a cidade à beira do mar e aos pés do Vesúvio, disse extasiado:  “Ver Nápoles e depois morrer”, como se nada de tão belo pudesse

O BRASIL INVESTE POUCO DA BOLSA E O NORDESTE MENOS AINDA– JOÃO VICTOR IGLESIAS

O baixo número de investidores na Bolsa de Valores é um quadro comum para os países do chamado Sul Global. O panorama não poderia ser diferente, tamanha a desigualdade social que os aflige. Além disso, a ausência de maiores incentivos, tanto do ponto de vista educacional quanto do ponto de vista tecnológico, visando a popularização da linguagem digital, impacta diretamente no tímido cenário. Para se ter uma ideia, no México,

AZAZELLO, O DEMÔNIO EM PUTIN -  POR ARMANDO AVENA

É possível a arte se antecipar a vida e criar um personagem que só virá a tornar-se real muito tempo depois? Acho que sim e cada vez que vejo a famigerada figura de Vladimir Putin ocorre-me a certeza de que o escritor ucraniano Mikhail Bulgákov criou, no magistral livro “O mestre e Margarida”, personagens que esboçam a figura boçal e carrancuda do ditador russo muito antes do seu nascimento. “O