SAMUELITA  SANTANA - A BIZARRA DESCONEXÃO DE LULA

A agência AP – Associated Press, revelou em ampla reportagem investigativa publicada na última semana, o massacre criminoso de 600 refugiados ucranianos no teatro Mariupol, bombardeado pelas tropas russas comandadas por Vladimir Putin. Os ataques covardes contra civis, incluindo escolas e hospitais, além de outros crimes de guerra flagrados e investigados por cortes internacionais, seguem explícitos desde que a Rússia invadiu a Ucrânia – um país soberano, livre, dono do seu nariz

ADARY OLIVEIRA - VERDADES DO PETRÓLEO E DO GÁS NATURAL

O Instituto Brasileiro de Petróleo e Gás (IBP) ao longo de seus 64 anos de existência tem contribuído para o progresso do setor, com foco no desenvolvimento de uma indústria de petróleo e gás natural competitiva e sustentável, sempre buscando conexões para posicionar o Brasil como referência mundial em inovação tecnológica, transformação digital e diversidade e inclusão. Em recente publicação intitulada  “Agenda da Indústria” traz algumas assertivas, que pela sua

JOSÉ MACIEL - CIRO GOMES E O  AGRONEGÓCIO

A exemplo do que fizemos em 2018, à medida que as propostas dos candidatos a presidente da república forem sendo divulgadas, a nossa ideia é trazê-las para este espaço, para fins de análise e discussão. Até onde sabemos, a proposta do pré-candidato Ciro Gomes, exposta , no livro “Projeto Nacional – o dever da esperança”, editado em 2020, é a única disponível até o momento. No  livro acima citado, as

ADARY OLIVEIRA- AUMENTA O CONSUMO DE GÁS NATURAL

A pressão mundial para redução das emissões de gás carbônico tem feito crescer o consumo de gás natural (GN) nos últimos anos. Outro motivo importante é a tendência do GN se manter mais barato do que os outros combustíveis fósseis. Alguns países, como a China, que produz energia predominantemente a partir do carvão, estão se tornando grandes puxadores de gás. Por outro lado, o aumento de produção nos Estados Unidos,

JOSÉ MACIEL - AGROINDÚSTRIA A JUSANTE E OUTRAS FORMAS DE AGREGAÇÃO DE VALOR AO AGRONEGÓCIO

Em coluna anterior, expressamos a constatação segundo a qual o agronegócio brasileiro tem abastecido com folga o nosso  mercado interno, além de exportar para mais de 180 países, colocando as vendas externas setoriais em patamar superior a 120 bilhões de  dólares, algo equivalente a uma fatia entre 43% e 48% das exportações totais do país nos últimos dois anos. Nada obstante, o conflito Ucrânia-Rússia colocou com mais nitidez que temos

ADARY OLIVEIRA - ESTRATÉGIAS E PRIORIDADES DA INDUSTRIALIZAÇÃO

A industrialização é um valioso instrumento para a promoção do desenvolvimento na medida em que aumenta o valor acumulado da produção de bens e serviços e movimenta a economia, gerando novas oportunidades de negócios e de avanço da riqueza. No tempo em que o carvão era a principal matéria-prima na geração de energia a regra básica tida como principal era de que a “indústria se localiza perto das minas de

JOSÉ MACIEL - CONTRIBUIÇÃO DA AGRICULTURA FAMILIAR NO BRASIL

Existe uma tese muito difundida entre nós segundo a qual a nossa agricultura familiar produz cerca de 70% dos alimentos consumidos pelos brasileiros. Esse tipo de afirmação as vezes deu  margem para que alguns governos criassem  ministérios e secretarias só para cuidar e fomentar a produção agrícola familiar, formato institucional esse que esteve em vigor, por exemplo, em alguns governos petistas, nos quais haviam inclusive dois Planos-Safras: um para a

O TRIGO E A AUTOSSUFICIÊNCIA BRASILEIRA

JOSÉ MACIEL DOS SANTOS FILHO  (1) Em coluna de março de 2021, destacamos o debate da necessidade da busca de alternativas para fazer a rotação de culturas com a soja nas áreas de cerrado, no momento em que esta leguminosa avançou no Centro-Oeste e cerrados do Nordeste. Após longo esforço, as pesquisas da EMBRAPA indicaram o trigo como uma das opões, elegendo os estados do Centro-Oeste, Minas Gerais, São Paulo,

O BRASIL INVESTE POUCO DA BOLSA E O NORDESTE MENOS AINDA– JOÃO VICTOR IGLESIAS

O baixo número de investidores na Bolsa de Valores é um quadro comum para os países do chamado Sul Global. O panorama não poderia ser diferente, tamanha a desigualdade social que os aflige. Além disso, a ausência de maiores incentivos, tanto do ponto de vista educacional quanto do ponto de vista tecnológico, visando a popularização da linguagem digital, impacta diretamente no tímido cenário. Para se ter uma ideia, no México,