terça, 18 de junho de 2024
Euro 5.8351 Dólar 5.4427

ENTREVISTA COM ANGELO ALMEIDA SECRETÁRIO DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO DO ESTADO

João Paulo - 27/05/2024 06:00 - Atualizado 27/05/2024

Bahia Econômica – Hoje foi lançado o programa “Pro Refino” que tem o objetivo de interiorizar o refino no Brasil, criando pequenas refinarias. Como o senhor destaca a importância dessa interiorização?

Angelo Almeida – Então, o que já nos anima bastante é que os postos de petróleo que estavam fechados estão sendo recuperados em toda Bahia. Isso tem trazido eficiência na produção e avanço para a economia do estado. Novos compostos estão caminhando para o interior do estado, além também da questão da exploração, muito legal para a Bahia, que é um estado de dimensões continentais e muito forte no setor de petróleo e gás.

Bahia Econômica – Qual a importância da FIOL nessa interiorização?

Angelo Almeida – A Ferrovia Oeste Leste é uma obra fundamental para economia da Bahia em vários aspectos, inclusive, para levar a capacidade do refino para o oeste. Porque uma ferrovia saindo ali do Porto Sul, recebendo, digamos assim, barris de petróleo, a gente pode ter o refino feito e ajudando, portanto, aquela região. Esse é um dos exemplos que podemos ter para interiorizar o desenvolvimento econômico do estado, fortalecendo a base. Outro ponto de vista,  é a questão da exportação dos minerais, da soja, do milho, do algodão, com um custo mais barato. Não cabe mais os produtos da Bahia saindo pelo Porto de Santos, Paranaguá, etc. A exportação tem que ser por aqui mesmo. Claro que, com isso, todos esses municípios que estão fazendo parte desse processo vão ganhar. Quem também vai ganhar é o produtor. O produtor vai ter o custo mais barato, vai ter aumento de produtividade e isso é importante para fortalecer a cultura do nosso agronegócio.

Bahia Econômica – Como o senhor avalia a possibilidade da Refinaria de Mataripe voltar ao comando da Petrobrás?

Angelo Almeida – Esse é um assunto que estamos olhando como um processo de fortalecimento da Petrobrás. Não podemos falar muito a respeito, mas na minha opinião, caso seja concluído nós observamos que a refinaria pode receber mais investimentos avançar com a produção de diesel verde, a partir de biomassa, esse processo deve ganhar uma força, a tendência é que ele ganhe ainda mais força no radar da companhia. De qualquer forma, a presença da Acelen da Bahia já é um feito extraordinário, muito grande para nós, porque se não for o petróleo, vai ser outra riqueza que a Bahia vai ganhar logo ali para frente. No olhar de médio alcance, a gente tem uma grande empresa de capital internacional fazendo investimentos com energia limpa, energia verde, que a Bahia tem toda a matriz.

Bahia Econômica – Como o senhor avalia a chegada da nova presidente da Petrobrás? 

Angelo Almeida – Eu não a conheço. Eu não posso prever o que vai acontecer. Espero que melhore o ambiente econômico e político da companhia. Tenho essa esperança da política de transição energética.

Bahia Econômica – Quanto o setor de Petróleo e Gás representa para economia do Estado da Bahia?

Angelo Almeida – Ele já ajuda muito, há mais de 50, 70 anos que o petróleo e gás vêm contribuindo com a riqueza da Bahia. O petróleo e gás é um dos mais fortes no estado da Bahia, e é o maior exportador, tem um índice relevante na matriz de exportação do nosso estado. Eu acredito que a transição energética, tema hoje pautado no mundo inteiro, vai ganhar força no estado.

Bahia Econômica – Qual a importância de eventos como a Bahia Oil Gás Energy ser realizado no estado?

Angelo Almeida – É o segundo ano, né? A Bahia está assumindo o seu protagonismo no setor de óleo e gás. Sempre é bom lembrar que o petróleo começou aqui, tudo começou aqui, a primeira refinaria de petróleo aqui na Bahia. Além de ter uma importante participação de trabalho, nós temos, agora, as empresas independentes, né? A Bahia tem 3 das 7 refinarias do país. Só isso já diz a importância que nós temos, a tecnologia, a ciência sendo empregada na otimização da produção. É, claro, que fico feliz pelo evento que já está consolidado.

Copyright © 2023 Bahia Economica - Todos os direitos reservados.