sábado, 25 de maio de 2024
Euro 5.614 Dólar 5.1764

LULA TÊM DE REDUZIR O PODER DE LIRA, MAS SEM ENFRAQUECÊ-LO DEMAIS

Redação - 05/06/2023 13:15 - Atualizado 09/06/2023

O presidente da Câmara, Arthur Lira, está indignado com a ação da Polícia Federal no seu reduto, a República de Alagoas. E culpa o governo, mais especificamente o ministro Flávio Dino que, hoje, é uma espécie de eminência parda quando se trata de defender o governo. Lira vai dar o troco, o que não se sabe é qual a moeda que vai usar. Provavelmente será mais do mesmo, ou seja, vai emparedar o governo nas próximas votações do Congresso Nacional e exigir compensações.

Mas fica claro que Arthur Lira quer dividir com Lula o poder, manter o sistema em que impôs a Jair Bolsonaro o papel de presidente submetido ao Congresso.

Lula só tem uma saída e, ao que parece, optou por ela ao mostrar a Lira que tem armas na mão e pode emparedar-lo também e, por mais que o governo negue, a Polícia Federal foi no seu encalço na hora certa, no momento certo. Lula quer retomar o espaço no Congresso e pode até ceder a alguns interesses de Lira, mas não pode ceder demais senão teria de aceitar o programa conservador da maioria do Congresso.

Estaríamos frente a mais um presidente de coalizão emparedado pelo Congresso. O mais adequado é usar a política e outros instrumentos para enfraquecer o presidente da Câmara. Mas tem de fazer isso sem desidratá-lo demais, afinal já existem pedidos de impeachment e Lira é quem diz se eles serão pautados ou não. (EP-05/06/2023)

Copyright © 2023 Bahia Economica - Todos os direitos reservados.