sábado, 25 de maio de 2024
Euro 5.614 Dólar 5.1764

COMUNIDADES SOLICITAM ENERGIA RENOVÁVEL COM MENOS IMPACTOS NA BAHIA

LIZANDRA MUNIZ - 07/03/2024 16:50

Um relatório com mais de 100 solicitações para diminuir os impactos ambientais e sociais dos parques de energia renovável, vai ser entregue neste quinta-feira (7), para órgãos do Governo Estadual, instituições de pesquisa e membros dos poderes legislativo e judiciário da Bahia.

Representantes de comunidades afetadas por empreendimentos, pesquisadores e ambientalistas têm compromisso às 10h (Assembleia Legislativa da Bahia), 11h (Ministério Público Estadual) e 14h (Secretaria do Meio Ambiente).

O documento, nomeado de Salvaguardas Socioambientais para Energia Renovável, é resultado de uma construção coletiva de medidas de redução do impacto ambiental, propostas por mais de 30 entidades – a maioria de povos e de populações tradicionais do Nordeste.

“A expansão de renováveis tem intensificado conflitos territoriais, gerado ameaças à biodiversidade, agravado injustiças e danos socioambientais aos povos do campo, da floresta, das águas e aos seus ecossistemas”, traz a introdução do relatório.

Nessa comitiva da entrega do documento, estarão presentes Maria Rosa Almeida Alves (agricultora e professora da Serra dos Morgados/BA), Markus Breuss (Assessor da Rede Quilombola da Chapada Norte), Renato Cunha e Silvana Canário, respectivamente coordenador-executivo e consultora do Grupo Ambientalista da Bahia (Gambá).

“É preciso entender que os direitos humanos são integrais, não podem ser negociados, violados”, explica a professora Maria Rosa Almeida Alves, do Movimento Salve as Serras, da Bahia, que questiona a instalação de um projeto híbrido, eólico e solar, na Serra dos Morgados.

(Portal A Tarde)

 

Foto: Divulgação Shell Energy

Copyright © 2023 Bahia Economica - Todos os direitos reservados.