VENDAS NO COMÉRCIO BAIANO EM 2022 ESTÃO CAINDO EM RELAÇÃO A 2021

VENDAS NO COMÉRCIO BAIANO EM 2022 ESTÃO CAINDO EM RELAÇÃO A 2021

As vendas no comércio baiano vem decepcionando os lojistas e o desempenho tem sido bem inferior a 2021. No primeiro bimestre de 2022, as vendas no comércio da Bahia caíram 5,5% Bahia, percentual bem pior do que o verificado no país, onde as vendas caíram 0,1%.  e no Brasil.

Em fevereiro, houve redução de 3,3% nas vendas do varejo, a sétima queda consecutiva registrada pelo setor na Bahia, enquanto no país houve crescimento de 1,1%. A situação só não é pior por na comparação com o mês de janeiro de 2022, as vendas cresceram 2,3% no mês fevereiro. A alta da inflação e o aumento da taxa de juros são os motivos para a queda.

Em relação a 2021, as vendas de Eletrodomésticos, Móveis, e Hipermercados e supermercados recuaram em 33,9%, 26,1%, e 1,5%, respectivamente.

As informações são da  Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI).