INVESTIMENTO EM ENTRETENIMENTO E MÍDIA DEVE CRESCER EM 2022 

INVESTIMENTO EM ENTRETENIMENTO E MÍDIA DEVE CRESCER EM 2022 

Até 2025, a expectativa de crescimento do investimento em publicidade deve crescer +9,5%, na comparação com período iniciado em 2020. Caso o cenário seja confirmado, existe a expectativa pela retomada dos investimentos em publicidade do segmento de entretenimento e mídia. Os dados fazem parte de pesquisa feita pela PwC Brasil, divulgada nesta segunda-feira, 27.
Segundo a análise do levantamento, o avanço da vacinação no país e a consequente redução das taxas de covid-19, após dois anos de pandemia, o ramo do entretenimento e mídia começa a retomar, aos poucos, as suas ações.

Os números são positivos, considerando que a receita global total de entretenimento e mídia caiu 3,8% em 2020, diante da pandemia e o consequente isolamento social. Só em 2020, houve uma retração de 13% em comparação ao ano anterior, indica a PwC Brasil. O impacto negativo foi ainda mais forte nas mídias tradicionais, cerca de -23%.

No entanto, diante do novo cenário de enfrentamento da Covid-19 no país, a atual previsão é de um crescimento anual de 6,5% em 2021 e de 6,7% em 2022 em entretenimento e mídia, o que ajudará a receita global total do segmento alcançar uma taxa de crescimento anual de 5% nos próximos cinco anos.

Assim, segundo o levantamento, a perspectiva começa a mudar para os próximos anos. Até 2025, a projeção é de aumento da publicidade tradicional de 3,3% e da publicidade digital de 9,7%. Apenas no que diz respeito aos veículos de mídia tradicional, a pesquisa mostra projeção de aquecimento do setor até 2025. Os destaques são os segmentos de feira de negócios (31%), mídia externa (16%), TV paga (6%), rádio (3%) e TV aberta (2%). O montante segue em expansão no que diz respeito à tendência de investimento em publicidade em mídia digital: TV online (19%), podcast (18%), eSports (17%) e mídia exterior (13%).

 

 

Foto: Reprodução