RODRIGO MAIA DEFENDE GLENN GREENWALD APÓS DENÚNCIA

RODRIGO MAIA DEFENDE GLENN GREENWALD APÓS DENÚNCIA

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) criticou na tarde desta terça-feira (21) a ação movida pelo procurador Wellington Oliveira, da Procuradoria da República no Distrito Federal, contra o jornalista Glenn Greenwald.

Para o procurador, o jornalista foi “partícipe” nos crimes de invasão de dispositivos informáticos e monitoramento ilegal de comunicações de dados, além de ter cometido o crime de associação criminosa.

“A denúncia contra o jornalista Glenn Greenwald é uma ameaça à liberdade de imprensa. Jornalismo não é crime. Sem jornalismo livre não há democracia”, publicou o presidente da Câmara nas redes sociais.

Na postagem, feita no Twitter, Maia também compartilhou uma reportagem da Folha que destaca que a Polícia Federal optou por não indiciar o jornalista ao analisar as mensagens trocadas por ele com os hackers investigados na operação Spoofing.

 

Veja também: Vaza Jato: Glenn Greenwald e mais 6 pessoas são denunciadas pelo MPF