MARCELL MORAES QUER PROIBIR FABRICAÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO DE CANUDOS DE PLÁSTICO NA BAHIA

MARCELL MORAES QUER PROIBIR FABRICAÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO DE CANUDOS DE PLÁSTICO NA BAHIA

O deputado Marcell Moraes (PSDB) protocolou na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) um projeto de lei que visa proibir a fabricação, venda e comércio de canudos plásticos em estabelecimentos comerciais. O parlamentar argumenta que o descarte prematuro dos canudos traz prejuízos quase irreparáveis para o meio ambiente. “É sabido que a menor parte do plástico que utilizamos no dia a dia é reciclada, uma quantidade considerável é destinada aos aterros sanitários, que no caminho acaba sendo desviada, tendo como destino final os oceanos. Além de poluir os oceanos, boa parte desse material, ao se desintegrar em partes menores, termina na cadeia alimentar dos peixes, acarretando na morte de diversas espécies marinhas”, justificou o tucano.

As matérias-primas dos canudos não são biodegradáveis (polipropileno e poliestireno) e, consequentemente, podem levar até mil anos para decomposição. A matéria prevê que o descumprimento lei, caso aprovada, resultará no pagamento de multa no valor de R$ 5 mil para o infrator. Na reincidência, será cobrada multa de R$ 10 mil.