PREÇOS DO PETRÓLEO TÊM MAIOR QUEDA MENSAL DESDE 2016

PREÇOS DO PETRÓLEO TÊM MAIOR QUEDA MENSAL DESDE 2016

Please enter banners and links.

Os preços do petróleo caíram nesta terça-feira (31), fechando julho com o maior declínio mensal em dois anos, por preocupações depois que a produção da Opep tocou uma máxima de 2018 em julho, ofuscando notícias de que os Estados Unidos e a China talvez retomem as negociações comerciais, o que poderia impulsionar a demanda.

Segundo a Reuters, o petróleo Brent para outubro recuou US$ 1,34, para US$ 74,21 por barril. O contrato de setembro da referência global, que expira no fim desta terça-feira, encerrou a US$ 74,25. Os futuros do petróleo dos EUA (WTI) cederam US$ 1,37, quase 2%, a US$ 68,76 o barril. O Brent teve mais de 6% de perda em julho, enquanto os contratos do WTI mergulharam cerca de 7%, o maior recuo mensal para as duas referências desde julho de 2016.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.