ARTIGOS

LUÍS TOURINHO  : A ÉTICA CATÓLICA E O “ESPÍRITO” DO CAPITALISMO

Tornou-se senso comum afirmar que o Brasil e outros países da América Latina são “atrasados” economicamente por conta da colonização empreendida por países católicos (no caso, Portugal e Espanha). Já os EUA teriam como origem de seu “sucesso” o protestantismo puritano, com aquela velha história dos Pilgrimsembarcados no Mayflower. Esta tese foi inicialmente criada pelo sociólogo Max Weberem sua obra A Ética Protestante e o “Espírito” do Capitalismo (publicado entre

ARMANDO AVENA: ONDE APLICAR O DINHEIRO APÓS A QUEDA DA TAXA DE JUROS

A redução da taxa de juros Selic para 4,5% feita pelo Banco Central na semana passada vai mudar a vida das pessoas que vivem de recursos aplicados no mercado financeiro. É que, descontada a inflação, a taxa de juros real da economia passou a ser menor que 1% e aqueles que mantiverem seu dinheiro na poupança, em fundos de renda fixa, CDBs, LCIs e outras aplicações vão receber rendimento da

PAULO AMILTON: A REFORMA ADMINISTRATIVA E O FUTURO DA DEMOCRACIA NO BRASIL

No mês de novembro do corrente ano o governo do Senhor Jair Bolsonaro anunciou que iria enviar ao congresso uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) com o objetivo de implantar um novo modelo de administração pública. Ou seja, realizar uma reforma administrativa. No entanto, com a libertação de nosso Macunaíma por conta do novo entendimento do Supremo Tribunal de Justiça (STJ) sobre a prisão em segunda instância, o atual governo

REJANE GOMES: A REFORMA TRABALHISTA NO BRASIL E OS IMPACTOS SOBRE O TRABALHO FEMININO

            Longe de expressar um ambiente de igualdade, o mercado explicita as diferenças nas condições de trabalho por gênero, raça, instrução e idade. Neste sentido, não é a flexibilização das relações de trabalho, como símbolo de modernização, que vai proporcionar mais equidade no mercado de trabalho. As mulheres aparecem como um dos segmentos mais afetados, uma vez que representam grande parte da força de trabalho desempregada, na informalidade e sem

COLUNA NO JORNAL A TARDE - ARMANDO AVENA: LUIZA MAHIN

No alvorecer do dia 25 de janeiro de 1835, quase mil negros, vestidos com batas brancas e armados de facões, navalhas e parnaíbas,  tomaram de assalto as ruas da cidade do Salvador com o objetivo de libertar os escravos. Foi o maior levante de escravos em área urbana no Brasil e teve uma  característica única: era liderado por negros mulçumanos alfabetizados, que planejaram a insurreição em detalhes, mapeando o sítios

SAMUELITA SANTANA: A PRECÁRIA EDUCAÇÃO QUE PISA E SAMBA NA CARA DO BRASILEIRO

A pesquisa sobre a educação mundial realizada a cada três anos pelo Programa Internacional de Avaliação de Estudantes — PISA, não só “pisa” como samba na cara dos brasileiros. Os resultados da edição 2018 divulgados recentemente pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico – OCDE, detonam a narrativa tão propalada de que os últimos governos priorizaram e avançaram na área educacional. Pura balela. Não apenas a Educação brasileira NÃO avançou, como regrediu. O exame

ADARY OLIVEIRA : OS CAMINHOS PARA A REINDUSTRIALIZAÇÃO

Muitas fábricas estão sendo paralisadas no Brasil devido às dificuldades de superação dos problemas e dos complicadosdesvios das adversidades encontradas pela frente. As causas da desindustrialização estão relacionadas à capacidade que tem uma unidade industrial de conviver com a concorrência nacional e internacional. Os motivos apontados são: a escala de produção, com reflexos diretos no custo unitário de fabricação; a atualização tecnológica, com impacto sobre a produtividade; a obsolescência do

COLUNA NO JORNAL A TARDE: BOLSONARO E O PIB, COM DIREITO A LEONARDO DE CAPRIO

O PIB brasileiro cresceu 0,6% no 3º trimestre do ano, e já registra crescimento de 1,2% nos últimos 12 meses, mas neste país polarizado, envolto num verdadeiro BA x VI político, poucos se perguntam a razão desse crescimento. Pois bem, é hora de fazer justiça e dizer que esse bom desempenho foi possível não apenas pela política econômica do Ministro Guedes, mas também por conta do governo Temer.   Apesar do

PAULO AMILTON : VIVA OS SOCIALISTAS BRASILEIROS

Uma anedota muito popular nas redes sociais brasileiras diz o seguinte: Um Padre ligado a Ação Pastoral da Terra (APT) está visitando um acampamento do Movimento dos Sem Terra (MST) e indaga a um assentado, “Ohh companheiro, se vossa pessoa tivesse a posse de um milhão de reais, você dividiria com seus outros companheiros de assentamento?” O assentado afirma, “claro que sim, seu Padre”. O Padre então pergunta novamente, “E

JEFERSON BACELAR: GANHADORES NA BAHIA

 João José Reis é hoje um dos principais historiadores da Academia ocidental, por seus estudos sobre a escravidão africana na Bahia no século XIX. Parece exagero o dito, entretanto, não o é, corresponde à realidade do reconhecimento nacional e internacional de sua obra. Agora, aparece com um novo livro denominado Ganhadores. A Greve Negra de 1857 na Bahia ( São Paulo: Companhia das Letras, 2019 ). Um calhamaço de 400