ARTIGOS

ERIK FIGUEIREDO: EXTINÇÃO DOS MUNICÍPIOS COM MENOS DE 5 MIL HABITANTES E OS NARRADORES DE JAVÉ

Utilizei a co-produção Franco-Brasileira “Narradores de Javé” como um pano de fundo para a discussão de um artigo no passado e a trago novamente. Só para relembrar, o filme relata o drama de uma cidade do interior do Nordeste prestes a ser submersa pela águas de uma represa. Buscando  evitar a inundação ou, em última instancia, justificar uma indenização, os moradores tentam provar a relevância do patrimônio histórico no município. 

REJANE GOMES: OS MILHÕES DE “BATALHADORES” NA POBREZA E NA INFORMALIDADE

Os indicadores sociais e econômicos são explícitos em demonstrar a difícil situação de milhares de pessoas em busca de ocupação no mercado de trabalho, o que está longe de ser umasituação conjuntural, mas já consolida-se como a nova configuração das condições de trabalho que vêm ampliando as modalidades de trabalho instáveis e sem proteção social. Em um país que tem a desigualdade social como a marca do seu desenvolvimento, as

SAMUELITA: ERA UMA VEZ A JUSTIÇA....

  Nem sempre qualquer semelhança é mera coincidência. A força-tarefa que revelou de forma assombrosa para o mundo uma rede gigante de corrupção que dominava a cena política e econômica da Itália nos  anos 90, hoje, quase 30 anos depois, virou poeira. Em dezembro de 1994,o procurador que tornou-se símbolo da operação MÃOS LIMPAS_ (ManiPulite),_ ANTONIO DI PIETRO, num gesto inesperado após uma audiênciano Tribunal de Milão, retirou a toga

ADARY OLIVEIRA: PARA ONDE ESTAMOS INDO

A Teoria Geral de Sistemas (TGS) teve seus primeiros ensaios publicados por Ludwig von Bertalanffy entre 1950 e 1968. Partindo de seus pressupostos básicos, da tendência para a integração entre as ciências naturais e sociais, da maneira mais abrangente de estudar os campos não físicos do conhecimento científico, do desenvolvimento de princípios unificadores que atravessam verticalmente os universos particulares das diversas ciências envolvidas, a TGS revela que os sistemas são

PAULO AMILTON : ZARATRUSTA, A PRISÃO EM SEGUNDA INSTÂNCIAE O CORINGA

Zoroastro, em grego, ou Zaratrusta, em persa,foi, segundo os estudiosos, o precursor de uma religião monoteísta cujo Deus de adoração era Aúra-Masda. Esta religião, chamada de Zoroastrismo, afirmava que osAúras eram seres que escolheram fazer o bem e seguidores deAúra-Masda.Já os Daivassão os seguidores de Angra Mainyu e representavam os seres que escolheram fazer o mal. Na sua versão original, o livro sagrado desta religião se chamava Gatas e este

COLUNA EM A TARDE: ARMANDO AVENA: O PLANO DE GUEDES CRIA UM NOVO BRASIL

O governo Bolsonaro escorou seu governo em apenas um pilar: o ministro Paulo Guedes. Sem ele, o governo desmoronaria, mas o pilar parece de boa cepa. O plano elaborado por Guedes e encaminhado ao Congresso Nacional pelo presidente  é a mais revolucionária reforma do estado brasileiro desde o Plano Real.  A reforma da Previdência foi o primeiro passo, mas agora o governo apresenta um conjunto de propostas que, se aprovadas

PAULO AMILTON : ZARATRUSTA, A PRISÃO EM SEGUNDA INSTÂNCIA E O CORINGA

Zoroastro, em grego, ou Zaratrusta, em persa,foi, segundo os estudiosos, o precursor de uma religião monoteísta cujo Deus de adoração era Aúra-Masda. Esta religião, chamada de Zoroastrismo, afirmava que osAúras eram seres que escolheram fazer o bem e seguidores deAúra-Masda.Já os Daivassão os seguidores de Angra Mainyu e representavam os seres que escolheram fazer o mal. Na sua versão original, o livro sagrado desta religião se chamava Gatas e este

COLUNA JORNAL A TARDE: A QUEDA NOS JUROS E OS PIRATAS DO BRASIL

Escrevo esta coluna no momento em que o Comitê de Política Monetária (Copom) está reunido e deverá reduzir a taxa de juros Selic para 5% ao ano. É a taxa mais baixa da história do País, quase três vezes menor do que a praticada no governo Dilma Rousseff, e vai mudar muita coisa no Brasil. Só não vai mudar a regalia dos bancos, que são os piratas da economia brasileira.

ADARY OLIVEIRA: DE TAL MODO PASSAM OS DIAS

Selecionei três acontecimentos da semana para traduzir o que está acontecendo: manchas de óleo, reforma da previdência social e manutenção do Lava jato. Nos anos 1960 as manchas de óleo eram comuns em nossas praias. Voltávamos para casa com a sola dos pés sujos e eu costumava usar óleo vegetal, comestível, e um pedaço de estopa para fazer a limpeza. O petróleo é solúvel em óleos mais leves e o