terça, 18 de junho de 2024
Euro 5.8306 Dólar 5.4426

COM LULA, PODER DE COMPRA DO TRABALHADOR E QUALIDADE DE VIDA VÃO AVANÇAR MUITO MAIS, AFIRMA DEPUTADO ROBINSON

João Paulo - 02/05/2024 08:20 - Atualizado 02/05/2024

O líder da Federação PT, PC do e PV na Assembleia Legislativa, deputado Robinson Almeida (PT), avaliou que a classe trabalhadora brasileira já percebeu melhora nos últimos 16 meses e que o poder de compra do trabalhador e qualidade de vida vão melhorar muito mais nos próximos anos com as medidas planejadas pelo governo do presidente Lula (PT). O petista ressaltou a importância das mobilizações dos trabalhadores e atos realizados pelas centrais sindicais em vários regiões da Bahia, como em Salvador e Feira de Santana, nesta quarta-feiras, pelo 1⁰ de Maio, data que celebra as lutas dos trabalhadores no mundo.

Segundo Robinson, o salário mínimo voltou a ter valorização real acima da inflação depois de 6 anos e outras medidas econômicas tem sido apresentadas para garantir o ganho de poder de compra da população, com a distribuição de renda e geração de postos de trabalho.

Entre elas, ele cita a aprovação da Reforma Tributária, a implementação do programa Desenrola Brasil, com 14 milhões de pessoas renegociando suas dívidas, com desconto médio de 83%, e a instituição do Programa Acredita para renegociar dívidas de micro e pequenas empresas e garantir crédito para pequenos empreendimentos. Além disso, a Lei de Igualdade Salarial entre mulheres e homens e a ampliação da faixa de isenção do Imposto de renda, beneficiando 15,8 milhões de pessoas, também foram lembradas por Robinson como ações importantes do ponto de vista econômico pelo governo Lula. Nesse período, com as políticas sociais, 24,4 milhões de pessoas deixaram de passar fome. Essas iniciativas, acrescentam o deputado, ajudou o Brasil a abrir 244.315 vagas formais de trabalho em março, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado ontem (30) pelo Ministério do Trabalho e Emprego. É o maior saldo positivo desde 2010.

“São medidas importantes para a economia do país, para a geração de emprego e o desenvolvimento socioinclusivo. Lula está organizando a casa, reestruturando e reconstruindo o país, retomando nossa soberania e reestabelecendo revelações internacionais, abrindo mais mercados para produtos brasileiros. Tudo isso trará benefícios em breve para nossa gente”, enfatiza.  “Prova disso é que em 2023, tivemos o crescimento de 2,9% do Produto Interno Bruto, enquanto o mercado na época acreditava que ele seria de 0.9%. Isso é fruto do trabalho liderado pelo presidente Lula e creio que vai melhorar muito mais”, opina.

Robinson Almeida também destaca os ganhos conquistados pela Bahia na parceria com o governo Lula, entre eles a chegada da BYD, o início dos estudos de sondagens para construção da ponte Salvador x Itaparica, a retomada do Programa Minha Casa Minha Vida além da construção e ampliação de escolas de tempo integral por todo estado, entre outras ações na infraestrutura.

“São algumas ações importantíssimas para o desenvolvimento sustentável, estrutural e duradouro da Bahia e que tem repercussão imediata na geração de emprego e na melhora da qualidade de vida da população. Com a BYD serão pelo menos 10 mil empregos, a construção de casas populares, de novas escolas de tempo integral, além da modernização das estruturas existentes anunciadas pelo governador Jerônimo Rodrigues, nosso estado vai se consolidar como uma locomotiva do norte nordeste, com a geração de emprego e muito mais desenvolvimento e oportunidades para toda nossa gente”, projetou Robinson.

POLÍTICA DESENVOLVIMENTISTA E LUTA CONTRA INFLAÇÃO

O parlamentar ponderou ainda que o quadro inflacionário não foi totalmente revertido porque o governo anterior adotou medidas equivocadas na política econômica e internacional, como a privatização de refinarias, a exemplo da baiana Landulpho Alves, da BR Distribuidora e da Eletrobrás, além da redução da capacidade produtiva e fechamento de fábricas de fertilizantes, afetando a soberania energética, alimentar e econômica brasileira, com a vinculação dos preços a especulação do mercado internacional.

Essa política antinacional dos últimos 6 anos, considera o deputado petista, só fez prejudicar a economia nacional, especialmente diante das guerras e crise no exterior. Ela é revista pelo presidente Lula, que trabalha para retormar o projeto desenvolvimentista, com foco na proteção nacional.

“Ainda há danos herdados do governo anterior, mas o presidente Lula tem atuado de forma firme, com toda sua equipe, para limpar essa sujeira deixada por aqueles que não tem compromisso com o Brasil e só prejudicaram a classe trabalhadora e a família brasileira. É um trabalho intenso de união e reconstrução para garantir ao Brasil e ao povo brasileiro dias melhores, reconstruindo nossa soberania econômica e energética”, ponderou.

“Estamos vencendo o desafio e vamos avançar com um conjunto de políticas desenvolvimentistas que garantam prosperidade e qualidade de vida para a classe trabalhadora e sua família. Esse é um compromisso do PT, do presidente Lula e da grande coalização que tem compromisso com a democracia e o Brasil soberano e inclusivo”, concluiu Robinson Almeida.

Copyright © 2023 Bahia Economica - Todos os direitos reservados.