segunda, 15 de abril de 2024
Euro 5.5233 Dólar 5.1909

REFINARIA BAIANA REDUZIU EM 10% O CONSUMO DE ÁGUA EM 2023

Emilly Lima - 22/03/2024 18:47 - Atualizado 25/03/2024

Comprometida com um futuro mais sustentável, a Acelen, que administra a Refinaria de Mataripe, vem investindo nas ações de ESG – ambiental, social e de governança corporativa, e reforçando a sua missão de protagonismo na transição energética do país. Em comemoração ao Dia da Água (22), a empresa informa redução em 2023 de 10% do consumo total de água da refinaria em relação a 2022. Foram 1.525m³/h contra 1.685m³/h, uma economia de 1,4 bilhão de litros de água no ano, equivalente ao consumo, por um ano, de uma cidade de 30 mil habitantes. Para 2024, a meta de redução de água é de 5% em relação a 2023.

Houve também redução do consumo de água da Embasa em 27% e aumento da utilização em 30% da água oriunda das represas de Catu e Coreia, contribuindo para a eficiência hídrica da Refinaria de Mataripe. As principais iniciativas que promoveram essa redução foram a minimização das purgas (impurezas) das torres de resfriamento, mapeamento e saneamento de vazamentos de água, recuperação de sistemas de reaproveitamento das unidades de tratamento de água.

Além da redução do consumo de água, houve aumento de 4% de reuso, 28m³/h em relação a 2022. Diferentes correntes de água e condensado, presentes na Refinaria de Mataripe, são reaproveitados em torres de resfriamento, desaerador e dessalgadoras.

Para obter uma boa qualidade de água na refinaria, foi estruturado um modelo de gestão para garantir um bom desempenho das unidades de tratamento de água em função da qualidade da água bruta. Foi implantada uma nova tratadora química para aumentar a robustez do tratamento químico e controle dos parâmetros de qualidade da água. Além disso, foi realizada a substituição do cloro gás por pastilhas de tricloro, solução mais segura e eficiente.

A Refinaria de Mataripe é administrada pela Acelen, empresa pertencente ao Mubadala Capital, subsidiária de gestão de ativos do fundo Mubadala Investment Company, baseado nos Emirados Árabes Unidos, desde o início da sua operação, em 2021. É a segunda maior do país, com capacidade de refino de 302 mil barris de petróleo por dia (Kbpd). Representa 14% da capacidade total de refino do Brasil, 42% do abastecimento do Nordeste e 80% da Bahia, contribuindo para o desenvolvimento social e econômico da região.

Foto: Divulgação/Acelen

Copyright © 2023 Bahia Economica - Todos os direitos reservados.