segunda, 15 de julho de 2024
Euro 5.9277 Dólar 5.4292

IBOVESPA PERDE OS 130 MIL PONTOS, PUXADO POR UMA QUEDA DE 6% NA AMBEV; DÓLAR OSCILA

LIZANDRA MUNIZ - 29/02/2024 14:26 - Atualizado 29/02/2024

Nesta quinta-feira (29), o Ibovespa, principal índice acionário da bolsa de valores brasileira, a B3, está em baixa, com as ações da marca de bebidas Ambev liderando as quedas após divulgar uma queda de 11% no lucro da companhia.

Já o dólar começou a oscilar depois de uma abertura em alta, com a divulgação dos mais recentes dados de emprego no Brasil. De acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) Contínua, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a taxa de desemprego foi de 7,6% no trimestre encerrado em janeiro.

O resultado foi melhor do que as expectativas de mercado, que estimava uma taxa de 7,8%. No entanto, representa um aumento em relação ao trimestre móvel anterior: entre outubro e dezembro, a taxa de desemprego foi de 7,4%.

O mercado também divulgou núcleo índice de inflação PCE nos Estados Unidos, que subiu 0,4% em janeiro, contra alta de 0,1% em dezembro.

Dólar
Às 13h, o dólar subia 0,02%, cotado a R$ 4,9712. Na véspera, a moeda norte-americana operou em alta 0,74%, cotado a R$ 4,9694.

Com o resultado, acumulou:

  • queda de 0,46% na semana;
  • alta de 0,65% no mês;
  • avanço de 2,41% no ano.

Ibovespa
No mesmo horário, o Ibovespa operava em queda 0,81%, aos 129.103 pontos.

As ações da marca de bebidas Ambev sofreram redução de quase 7%, liderando as quedas da bolsa neste pregão. O desempenho negativo da empresa é puxado pela baixa de 11% no seu lucro no quarto trimestre de 2023 em comparação ao mesmo período de 2022, conforme o balanço corporativo divulgado mais cedo.

De acordo com a empresa, o seu volume de vendas no Brasil caiu de um ano para o outro devido à base de comparação forte que foi criada pela Copa do Mundo de 2022.

Na véspera, o índice teve uma baixa de 1,16%, atingindo 130.155 pontos.

Com o resultado, acumulou:

  • avanço de 0,57% na semana;
  • alta de 1,88% no mês;
  • recuo de 3% no ano.

(G1)

 

Foto: Divulgação

Copyright © 2023 Bahia Economica - Todos os direitos reservados.