domingo, 14 de julho de 2024
Euro 5.9574 Dólar 5.4654

HOSPEDAGENS FICAM EM MÉDIA 50% MAIS CARAS NO RÉVEILLON

João Paulo - 29/12/2023 09:00

Com a chegada do fim de ano, quem viaja já sabe que vai pagar mais caro para garantir hospedagem no Réveillon. Em Salvador, segundo destino mais procurado do país, não é diferente. De acordo com dados da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis da Bahia (ABIH-BA), quem se hospedou neste período gastou, em média, 50% a mais em relação a outras épocas do ano. É claro que, a depender do hotel e a proximidade da hospedagem, o serviço pode ficar ainda mais caro.

Foi o caso de Carol Ferreira, 25 anos, que reservou casa há dois meses com amigos. “Uma diária que, em junho, estava um valor, em outubro, a gente teve que arcar com o dobro porque demoramos para decidir e não teve muito jeito. Era isso ou ficar na rua”, brinca ela. A ABIH-BA aponta uma ocupação média de 90% nos hotéis da cidade, mesmo com o aumento das diárias.

“Os preços têm incremento de 50% nessa época, é natural. Até porque hotéis precisam contratar mais profissionais e empresas, além do fato dos serviços prestados serem mais caros. Tudo isso coloca o preço para cima, o que já é tradicional no setor turístico”, explica Luciano Lopes, presidente da ABIH-BA. Ele indica ainda que, mesmo com o aumento dos custos, há um crescimento de ao menos 10 pontos percentuais na ocupação, se comparada ao que foi registrado no mesmo período do ano anterior.

Rita Campos, 49, já tem como tradição virar o ano por aqui na companhia de familiares. “Sou de São Paulo e é a terceira vez que a gente vem para cá. Aqui é muito mais calmo, tem praias lindas e familiares que moram na Bahia. Vim tanto que me apaixonei e a família da minha mãe é daqui. Então, sempre venho para virar e vou vir para morar em breve”, revela ela.

Foto: Rita, Sidney, Mariana e Douglas no Porto da Barra. Crédito: Marina Silva/CORREIO

Copyright © 2023 Bahia Economica - Todos os direitos reservados.