sábado, 20 de julho de 2024
Euro 6.098 Dólar 5.6089

ATAQUE A CAMPO DE REFUGIADOS EM GAZA DEIXA 70 MORTOS NA NOITE DE NATAL

Victoria Isabel - 25/12/2023 15:00

A noite de Natal (24) foi marcada por um ataque aéreo israelense ao campo de refugiados de Al Maghazi, no centro da Faixa de Gaza, resultando em pelo menos 70 mortes e dezenas de feridos, de acordo com o grupo fundamentalista islâmico Hamas. A informação ainda não foi verificada de forma independente pela DW.

As Forças Armadas de Israel afirmaram à agência de notícias AFP que estão “investigando o incidente”. O porta-voz do Ministério da Saúde controlado pelo Hamas, Ashraf al Qudra, relatou que o ataque foi um “novo massacre cometido pelo exército de ocupação israelense”, que bombardeou quatro casas de famílias muçulmanas no campo de Al Maghazi.

Segundo o Ministério da Saúde, o sistema de saúde no sul do enclave palestino está entrando em colapso, enquanto não há mais hospitais em funcionamento na metade norte. Al Qudra também acusou as tropas israelenses de atingirem a estrada principal que conecta vários campos de refugiados na região central, dificultando o acesso de ambulâncias e equipes de resgate.

Fontes médicas do Hospital dos Mártires de Al Aqsa relataram que alguns corpos chegaram fragmentados à unidade de saúde devido aos ataques que atingiram várias casas. O hospital informou ter recebido dezenas de mortos e feridos resultantes de ataques aos campos de refugiados de Bureij e Nuseirat, também localizados no centro do enclave, onde as tropas israelenses ordenaram o esvaziamento e forçaram o deslocamento de milhares de pessoas sob bombardeio.

O Hamas também divulgou que os bombardeios continuaram nesta segunda-feira (25/12), resultando em pelo menos 18 mortes na cidade de Khan Yunis, no sul da Faixa de Gaza, e causaram 12 mortes em um ataque à aldeia de Al-Sawaida, no centro do território palestino.

Foto: Fadi Whadi

Copyright © 2023 Bahia Economica - Todos os direitos reservados.