ENTREVISTA COM JOAQUIM NERY CENTRAL DO CARNAVAL

ENTREVISTA COM JOAQUIM NERY CENTRAL DO CARNAVAL

Por: João Paulo Almeida 

Bahia Econômica – Como o senhor avalia a mudança do circuito da Barra para a Boca do Rio ?

Joaquim Nery – Não existe até o momento um projeto da prefeitura que confirme a intenção dessa mudança. O que aconteceu foi algumas movimentações que encaminharam a possibilidade do debate sobre a mudança. Na minha opinião a mudança ou não tem que ser debatida com foco exclusivo na manutenção da qualidade do carnaval como produto. Não podemos fazer alguma coisa que possa prejudicar economicamente ou na questão do entretenimento a festa. Hoje, existem algumas questões que devem ser levadas em conta na hora de se pensar essa mudança, como a questão da logística da festa, do folião, e muitos outros assuntos que precisam sentar na mesa para debater

Bahia Econômica – Dentre os assuntos estão a questão dos camarotes que já foram vendidos para barra ?

Joaquim Nery – Esse é um ponto de destaque que com certeza será levado em conta. Hoje temos camarotes, blocos, festas todas com ingressos já vendidos para serem instalados no circuito da Barra no carnaval. Isso pode trazer um prejuízo para essas empresas caso o carnaval mude já em 2023. Nós temos que pensar no empresário que faz festa também na hora d tomar uma decisão ou emitir uma opinião oficial.

Bahia Econômica – A prefeitura tem prometido uma grande reforma na orla da boca do rio para a festa isso também vai ser levado em conta ?

Joaquim Nery – Sem duvida. Eu ainda não conheço o projeto da prefeitura mas acredito que logo ele deve ser apresentado. Todos os conselhos do carnaval devem olhar esse projeto e depois fazer um estudo de viabilidade para a festa visando sempre a manutenção da qualidade econômica e de entretenimento da festa.

Bahia Econômica – Sobre o carnaval do centro histórico com a mudança ele pode acabar?  

Joaquim Nery – Acabar eu não acredito não. Mas vai precisar de mais atenção. E a Barra também. Tudo precisa está bem alinhado na hora de se tomar uma decisão como essa. Vamos a esperar prefeitura tomar uma posição e ai vamos debater em cima desse projeto. Vamos manter o carnaval um produto forte, internacional e de qualidade.