PT, PCDOB E PV REALIZAM SEMINÁRIO PARA DEFINIR ESTRATÉGIA

PT, PCDOB E PV REALIZAM SEMINÁRIO PARA DEFINIR ESTRATÉGIA

Representantes do Partido dos Trabalhadores, PCdoB e do Partido Verde na Bahia realizaram o primeiro Seminário Estadual da Federação Brasil da Esperança – Bahia para discutir os desafios das eleições no estado e no país, nesta quinta-feira, 09. Na reunião, os líderes dos três partidos e membros dos diretórios destacaram a importância da federação para reconstrução do Brasil, discutiram o papel dos partidos nas eleições da Bahia e propostas para a pré-campanha de Jerônimo Rodrigues, pré-candidato do PT ao Governo do Estado, crescer ainda mais.

“Há um esforço coletivo nosso, encabeçado pelo Lula, de tentarmos reunir a maior frente possível no campo democrático popular daqueles que defendem a democracia no Brasil para termos condições não só de vencer as eleições e de derrotar o bolsonarismo nas urnas, mas de termos condições de governar”, afirmou o presidente do PT Bahia, Éden Valadares. No encontro, o dirigente petista falou também sobre a importância de apresentar o projeto do PT e do grupo aliado para que o estado continue avançando e não retroceda. “Temos uma geração inteira que não viveu o carlismo e as suas mazelas, não viveu no tempo do autoritarismo, da perseguição, da Bahia do descaso, da Bahia do atraso, do século XIX”.

Presidente do PCdoB na Bahia, Davidson Magalhães também destacou a necessidade de união dos partidos para enfrentamento da crise econômica, do combate à fome, ao desemprego e a desigualdade no país, reafirmando a importância do papel de Lula em liderar o projeto de retomada da prosperidade no Brasil, além de reforçar a importância do diálogo a militância e com a sociedade. Para Davidson, os PGPs (Programa de Governo Participativo) de Jerônimo estão sendo uma grande oportunidade para conversar com a população baiana. “Em Itabuna, por exemplo, reunimos mais de 10 mil pessoas”, comemorou.

Bancada – No Seminário, os líderes partidários falaram também sobre a importância da eleição de deputados estaduais e federais. Ivanilson Gomes, dirigente estadual do PV, reforçou que mesmo federados, os partidos têm responsabilidade de eleger parlamentares. “Não adianta vencermos as eleições se não tivermos uma bancada consistente, porque para desconstruirmos o poder do centrão, que hoje governa o país, é necessário eleger uma bancada de 250 deputados, no mínimo. Precisamos nos concentrar nesse propósito e, claro, nas eleições dos estados, que são muito importantes. Sabemos da solidez da campanha de Lula na Bahia, que pode ser ampliada ainda mais à medida em que a campanha de Jerônimo vai se consolidando e crescendo”, afirmou.

Foto: divulgação