MALHADA DE PEDRAS: TCM APURA IRREGULARIDADES EM PAGAMENTOS

MALHADA DE PEDRAS: TCM APURA IRREGULARIDADES EM PAGAMENTOS

Vereadores da oposição do município de Malhada de Pedras, sudoeste da Bahia, entraram com uma representação no Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) contra o prefeito Carlos Roberto Santos da Silva (PSD), conhecido como Beto de Preto Neto, em razão da inobservância do Plano Municipal de Cargos e Salários.

Os vereadores Erasmo dos Santos Silva (PP), o Pocano e Maricélio Lima Ferreira (PP), o Ticha de Anisio, de foram os responsáveis pela representação. As informações são do Portal Achei Sudoeste.

De acordo com os parlamentares, de forma acintosa, o gestor remunera os servidores, especialmente àqueles ocupantes de cargos em comissão, em cumprimento a acordos políticos, sem a observância do estabelecido na legislação.

Na ação, os vereadores ainda acusaram o gestor de atentar contra os princípios da Administração Pública, violando os deveres de honestidade, imparcialidade, legalidade, isonomia e lealdade às instituições.

Na denúncia, ambos encaminharam uma relação de nomes de servidores que estariam recebendo bem acima dos valores determinados no Plano de Cargos e Salários.