‘INIMIGO DA CULTURA’, DIZ LÍDICE APÓS BOLSONARO VETAR LEI ALDIR BLANC

‘INIMIGO DA CULTURA’, DIZ LÍDICE APÓS BOLSONARO VETAR LEI ALDIR BLANC

Por Redação

A vice-líder do PSB na Câmara dos Deputados, a deputada federal Lídice da Mata (PSB), disse nesta quinta-feira, 5, que conta com o apoio da população para a derrubada do veto para a nova Lei Aldir Blanc. A Lei foi vetada integralmente pelo presidente Jair Bolsonaro. Nas redes sociais, Lídice categorizou Bolsonaro como ‘inimigo da cultura’.

“O inimigo da cultura vetou integralmente a Lei Aldir Blanc, mas vive abrindo os cofres para o orçamento secreto. Faltam apenas cinco meses para o Brasil se livrar desse estorvo. Vamos derrubar esse veto absurdo que foi dado a Lei Aldir Blanc”, escreveu a deputada.

O Senado havia aprovado o projeto, no dia 23 de março.  A Lei é voltada para a transferência de recursos para estados e municípios, com o objetivo de financiamento de iniciativas culturais. Pelo texto, a União repassaria anualmente R$ 3 bilhões aos governos estaduais e municipais, durante cinco anos. Em seu veto, Bolsonaro alegou que o projeto é “inconstitucional e contraria ao interesse público”.

 

Foto: Divulgação