sábado, 13 de julho de 2024
Euro 5.9574 Dólar 5.4654

PARQUE PEDRA DE XANGÔ É INAUGURADO EM SALVADOR

Redação - 04/05/2022 15:42

O dia ainda estava nascendo quando os primeiros religiosos de candomblé começaram a chegar ao Parque da Pedra de Xangô, nesta quarta-feira (4). Por volta das 8h, um grupo de mulheres vestidas de branco fez uma roda ao lado do monumento e começaram a entoar cânticos africanos. Logos o som dos ataques e agogôs quebraram o silêncio e os movimentos dos corpos deram ritmo a inauguração do novo espaço.

O parque é um dos principais locais de fé do povo de santo baiano e estava passando por reforma. Ele recebeu uma nova estrutura com salas, espaços multiuso e banheiros e foi entregue nesta quarta.

O principal monumento é a Pedra de Xangô, um rochedo que tem 8 metros de altura e 30 de perímetro, e é considerado um patrimônio geológico reverenciado pelas nações de Ketu, Angola e Jeje, além de outros segmentos do candomblé. Nesta quarta, completa cinco anos que ela foi tombada pelo município como Patrimônio Cultural de Salvador.

O parque tem 67 mil m² e o investimento foi de cerca de R$ 8 milhões, mas para a candomblecista, pesquisadora da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Ufba e represente do grupo de trabalho de implantação do Parque Pedra de Xangô, Maria Alice Pereira, a requalificação dessa área da cidade não tem tamanho e nem preço.

“A inauguração desse equipamento de apoio vai possibilitar segurança e a preservação desse lugar. A Pedra de Xangô é muito importante porque as religiões de matriz africana a consideram um altar sagrado, um lugar onde são realizados os rituais, e a maioria dos terreiros não possuí espaço para a realização dos seus rituais, e é aqui, nos parques, que eles vêm conectar com os sagrados e realizar os atos litúrgicos”, afirmou.

Foto:  Marina Silva/ CORREIO

Copyright © 2023 Bahia Economica - Todos os direitos reservados.