LOJISTAS BAIANOS ANSEIAM POR QUEDA DO VETO AO REFIS PARA RETOMADA ECONÔMICA DO SETOR

LOJISTAS BAIANOS ANSEIAM POR QUEDA DO VETO AO REFIS PARA RETOMADA ECONÔMICA DO SETOR

Por Thiago Conceição

Para o Bahia Econômica, o presidente do Sindicato dos Lojistas do Comércio do Estado (Sindilojas-BA), Paulo Motta, disse que a queda do veto ao Refis (PLP 46/2021), que entra em pauta no Senado esta semana (veja aqui), é um anseio de todas as unidades empresariais do estado, das micro até as pequenas empresas.

Para o presidente, a queda do veto ao Refis vai permitir a sobrevivência de empresas de diferentes setores, todas afetadas pela pandemia da Covid-19. “A queda do veto vai permitir a recuperação das atividades econômicas, geração de emprego, geração de renda. Com isso, as empresas poderão projetar um ano de 2022 ainda melhor”, explica Motta.

O presidente acrescenta que o Sindilojas do estado está alinhado com os representantes sindicais nacionais, diante do objetivo de conseguir a derrubada do veto ao Refis. O veto pode impactar mais de 437 mil micro e pequenas empresas, segundo dados da Receita Federal. O total de 74% das empresas participantes do sistema de tributação simplificada estão endividadas,  com base em informações do Sebrae.

Foto: Divulgação