BANCO DO NORDESTE DISPONIBILIZA R$20 MILHÕES PARA OPERAÇÕES DE CRÉDITO ESTUDANTIL

BANCO DO NORDESTE DISPONIBILIZA R$20 MILHÕES PARA OPERAÇÕES DE CRÉDITO ESTUDANTIL

Os estudantes de nível superior já podem solicitar crédito ao Banco do Nordeste, no âmbito do Programa de Financiamento Estudantil (P-Fies) de 2022. Os empréstimos, válidos a partir desta segunda-feira, 17,  cobrem até 100% do valor da mensalidade e podem ser solicitados em qualquer época do ano, por meio do portal do BNB, dispensando o deslocamento para as agências.

Este ano, o BNB reservou R$ 20 milhões para este público. E para bater a meta, o banco pretende ampliar o relacionamento com as instituições de ensino parceiras, renovando e expandindo as negociações com universidades.

Os recursos são oriundos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), principal funding da instituição, que dispõe de condições especiais de acesso ao crédito. Além dos juros mais baixos do mercado na modalidade, outra vantagem do financiamento do P-Fies é o prazo de pagamento de até três vezes o tempo de duração do curso, durante o qual o pagamento mensal será de apenas 35% do valor da mensalidade mais os juros.

Para ter acesso ao crédito, os alunos devem estar regularmente matriculados em cursos de graduação não gratuitos, oferecidos por instituições de ensino conveniadas e que tenham sido avaliados pelo Ministério da Educação (MEC). E para ser elegível, o estudante deve ter participado de pelo menos uma edição do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem), a partir de 2010, ter obtido média das notas das provas igual ou superior a 450 pontos e nota maior que zero na redação.

O estudante pode solicitar acesso ao Fies, pelo site do BNB, na opção Financiamento Estudantil, pelo botão Solicite seu Financiamento. O aluno deve efetuar cadastro com todas as informações solicitadas e aguardar aprovação. Ele e os envolvidos na solicitação também precisam realizar os procedimentos de cadastro digital.

Depois dos cadastros concluídos, a solicitação irá para a instituição de ensino superior de destino, que irá emitir o DRI (documento de regularidade de inscrição). Quando tratar-se de aditamento, será emitido o DRM (documento de regularidade de matrícula) pela instituição de ensino superior, sem a necessidade de nova solicitação de financiamento no portal BNB.

 

Foto: Divulgação