SALVADOR ESTÁ EM CONDIÇÕES DE AVANÇAR PARA O FUTURO, AFIRMA BRUNO

SALVADOR ESTÁ EM CONDIÇÕES DE AVANÇAR PARA O FUTURO, AFIRMA BRUNO

Inesperada no começo do ano, a segunda onda da pandemia de Covid-19 trouxe riscos para o caixa da prefeitura, mas as finanças municipais encerram o ano com condições  semelhantes às de 2020. A avaliação foi feita pelo prefeito Bruno Reis em coletiva de avaliação do primeiro ano de gestão, realizada na manhã desta quinta-feira (30). O chefe do Executivo contou que busca manter uma reserva de R$ 500 milhões, equivalente a dois meses da folha dos servidores, e que os recursos chegaram a ficar abaixo deste valor, mas a situação atual assegura a manutenção de todos os projetos municipais.

“Salvador está preparada e em condições de avançar para o futuro”, concluiu Bruno. O prefeito reafirmou que, no ínicio da vacinação contra a Covid-19, em 19 de janeiro, projetava um ano com menos turbulência. “Infelizmente, foi um trise engano”. Bruno Reis reconheceu que ele e a vice-prefeita, Ana Paula Matos, erraram algumas vezes, “mas aprendemos e conseguimos acertar mais do que errar”. A Salvador de hoje, a seu ver, se planejou e sabe como quer chegar em 2024, ano em que conclui o mandato.

“Elaboramos um grande projeto de retomada econômica, por meio de renúncia de receitas, a exemplo dos 40% no setor hoteleiro, estímulos à atividade econômica, reduções de alíquota na cultura, isenção de taxas na vigilância sanitária, descontos na outorga onerosa, menos ISS para serviços financeiros para estimular fintechs. Além da garantia de manter investimentos próprios e privados, no total de R$9,2 milhões, com possibilidade de abrir até 80 mil novos postos de emprego, melhorando o ambiente de negócios de forma a superar a crise, dando respostas imediatas aos problemas que surgem”, ressaltou.

O prefeito relatou que, com as contas novamente equilibradas, a gestão realizou algumas entregas este ano, como a primeira etapa da Avenida Adhemar de Barros – rebatizada durante este ano para homenagear o geógrafo Milton Santos – a criação do programa de microcrédito CredSalvador, o pagmaento de Auxílio Emergência e Aluguel Social a 9,7 mil pessoas,  além do Museu Cidade da Música, a nova Estrada das Pedreiras, o novo Terminal da Barroquinha, o Elevador do Taboão e 31 contenções de encosta.

Foto: Valter Pontes/SecomPMS