FESTIVAL AFROPUNK FARÁ HOMENAGEM AO MAESTRO LETIERES LEITE

FESTIVAL AFROPUNK FARÁ HOMENAGEM AO MAESTRO LETIERES LEITE

Letieres Leite tinha muitos planos para a retomada da vida após as reaberturas possibilitadas pela vacina contra o coronavírus: um novo disco da Orquestra Rumpilezz e produção de um novo álbum de Margareth Menezes são dois bons exemplos. O falecimento do mestre travou esses planos, mas o legado que ele já deixou aqui na Terra continua e será homenageado no palco do Festival Afropunk Bahia, que acontece no próximo sábado (27), inclusive com a participação de Maga.

Diretor musical do Afropunk, o baiano Enio Nogueira contou com exclusividade ao CORREIO que vários artistas vão subir ao palco para tocar a homenagem. Entre os nomes confirmados estão o Mestre Gabi Guedes; o tecladista Marcelo Galter; Fabrício Nobre, da IFÁ; o guitarrista Jaguar Andrade, entre outros músicos que participaram da trajetória de Letieres em vida.

“É um dos artistas que transformou e mostrou que existe possibilidade de artistas negros chegarem ao protagonismo de maneira consistente e com conteúdo. às vezes, o negro é colocado de lado, como superficial, e Letieres mostrou que nossa cultura é rica e forte”, disse Enio Nogueira.

O festival acontece no dia em que a morte de Letieres Leite completa um mês. O maestro foi vítima de uma insufiência respiratória, em sua casa, depois de testar positivo para covid-19. Ele sofria de asma crônica e fazia uso de remédio inalatório.

Letieres já tinha completado o ciclo vacinal e tomado a dose de reforço. Vale destacar que não existe vacina que protege 100% contra nenhuma doença. Os imunizantes reduzem riscos de infecção, hospitalização e morte, especialmente depois do ciclo finalizado com a segunda dose.

“É muito importante que um evento como o Afropunk faça essa homenagem. Não somos apenas um festival musical, é algo que vai muito além, assim como Letieres não era somente um músico. Letieres deixou uma obra muito importante para a cultura negra no Brasil e no mundo”, disse Enio.

O Afropunk é um dos festivais mais importantes do planeta e tem, em seu conceito, a celebração da cultura negra. Será a primeira edição presencial realizada no Brasil.

Com a proposta de “exaltar o encontro e toda a diversidade de ritmos, vivências e saberes, em uma experiência única para quem se permitir sentir o elo sensorial da Cultura Afro Contemporânea”, a escalação com direção musical de Ênio Nogueira resolveu apostar no cruzamento de caminhos que resultarão em encontros no palco.

Nesse sentido, o festival promove encontros entre Mano Brown e Duquesa, Tássia Reis e Ilê Aiyê, Luedji Luna e Yoún, Malia e Margareth Menezes e, por fim, Urias e Virus. Tudo isso acontece no dia 27 de novembro de 2021 e a apresentação ficará por conta da cantora Larissa Luz.

PROGRAMAÇÃO:

Apresentação: Larissa Luz

Shows ao vivo:

Mano Brown & Duquesa

Tássia Reis & Ilê Aiyê

Luedji Luna & Yoún

Malia & Margareth Menezes

Urias & Vírus

Deekapz convida Melly e Cronista do Morro

Batekoo convida Deize Tigrona, Tícia e Afrobapho

Serviço: Sábado (27), a partir das 17h30 |  transmissão pelo YouTube e site oficial do evento .