quarta, 19 de junho de 2024
Euro 5.8351 Dólar 5.4427

ARRECADAÇÃO SOMA R$ 149 BILHÕES E BATE RECORDE

Redação - 26/10/2021 15:35

A Receita Federal informou nesta terça-feira (26) que a arrecadação de impostos, contribuições e demais receitas federais atingiu R$ 149,102 bilhões em setembro. Na comparação com o mesmo mês do ano passado, quando a arrecadação foi de R$ 132,103 bilhões (valor já corrigido pela inflação), houve aumento real de 12,87%.

De acordo com o Fisco, o resultado também é recorde para meses de setembro. A série histórica do órgão, atualizada pela inflação, tem início em 1995. Com isso, o resultado representa a maior arrecadação para o mês em 27 anos.

A Receita Federal aponta que o resultado está relacionado com a melhora de indicadores econômicos, além do aumento do Imposto Sobre Operações Financeiras (IOF) a partir de 20 de setembro. No mês passado, o IOF arrecadou R$ 4,295 bilhões, contra R$ 950 milhões no mesmo mês de 2020 (valor corrigido pela inflação).

Sobre o nível de atividade, o órgão apontou, por exemplo, que no mês passado a produção industrial recuou 0,54%. Porém, acrescentou que as vendas do setor de serviço avançaram 16,7% e que o volume das notas fiscais eletrônicas subiu 12,55%.

Já os recolhimentos atípicos, segundo o Fisco, somaram aproximadamente R$ 2 bilhões (IRPJ e CSLL), contra R$ 2,5 bilhões no mesmo mês de 2020. As compensações de tributos, por sua vez, totalizaram R$ 14,468 bilhões em setembro deste ano, contra R$ 13,369 bilhões no mesmo período de 2020.

Os números da Receita Federal mostram que a arrecadação voltou a se acelerar no mês passado, após registrar um alta menor em agosto (sempre na comparação com o mesmo mês do ano anterior). Entretanto, segue bem abaixo da variação registrada entre março e julho deste ano.  (G1)

Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Copyright © 2023 Bahia Economica - Todos os direitos reservados.