ARQUIVO PÚBLICO RECEBE 3ª FESTIVAL DE VÍDEO MAPPING DE SALVADOR

ARQUIVO PÚBLICO RECEBE 3ª FESTIVAL DE VÍDEO MAPPING DE SALVADOR

Entre os dias 24 a 29 de agosto acontece em formato virtual a 3 edição do SSA Mapping. Reunindo artes visuais, tecnologia, música e performances, o primeiro e maior festival de vídeo mapping da capital baiana, oferece uma programação 100% online e gratuita com exibição no canal do YouTube do Festival.

Com projeções na fachada do Solar da Quinta do Tanque, sede do Arquivo Público do Estado da Bahia (APEB), unidade da Fundação Pedro Calmon (FPC/SecultBa), a programação conta com shows, palestras, vídeo-aulas e bate-papo. O terceiro festival convida o público e os artistas a mergulharem nas memórias de lutas do povo baiano.

“A escolha do Solar da Quinta do Tanque segue a nossa política de ocupação de espaços públicos que carregam em si anos de História. E o Solar ainda traz esse diferencial de abarcar as memórias diversas, ao longo da nossa trajetória enquanto povo e sociedade, nos mais de 40 milhões de documentos do Arquivo Público do Estado. Ou seja, não só o prédio, como o que está dentro dele tem valor imensurável”, destaca a produtora e uma das idealizadoras do Festival, Lívia Cunha, que também assina a direção de programação artística e de comunicação.

“Além da bagagem histórica do Solar, o seu formato em ‘U’ traz um desafio técnico e estrutural inédito pra gente, expandindo as projeções da fachada da frente até as laterais do prédio”, completa o produtor e diretor técnico do Festival, Zé Enrique Iglesias.

Realizado pela Baluart Produtora e Agência Ilimitado, o Festival SSA Mapping tem apoio financeiro do Estado da Bahia, através da Secretaria de Cultura e da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Programa Aldir Blanc Bahia), via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal.

Erguido por jesuítas no século 16, o Solar é tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). Desde 1980, abriga o Arquivo Público do Estado da Bahia (APEB), onde estão salvaguardados os registros da trajetória de combatividade e resistência do povo baiano, em insurgências e revoluções como a Conjuração Baiana (Revolta dos Alfaiates – sec. 18), a Revolta dos Malês (1835), a Greve Negra de 1857 e o Quebra Bondes de 1930.

 

Serviço

O que: 3 Festival SSA Mapping 2021

Quando: 24 a 29 de agosto

Onde:

Youtube – ssamapping

Instagram – @ssamapping

 

Foto: Divulgação