SECRETÁRIO LÉO PRATES DEFENDE QUE QUEM TOMOU CORONAVAC DEVE RECEBER A 3ª DE OUTRA VACINA

SECRETÁRIO LÉO PRATES DEFENDE QUE QUEM TOMOU CORONAVAC DEVE RECEBER A 3ª DE OUTRA VACINA

No momento em que o país se mobiliza para que o Ministério da Saúde comece a aplicar a 3ª dose em idosos, profissionais de saúde e pessoas imunodepressoras, o   secretário de saúde do município, Léo Prates, disse, ao jornalista e economista Armando Avena, que é inteiramente favorável a aplicação imediata da 3ª dose nos idosos e grupos especiais e que Salvador poderia aplicar essa dose de reforço concomitantemente à aplicação da vacina nos adolescentes.

Prates disse ainda que o ideal é que a dose de reforço seja heterólogas, isto é, que seja aplicada uma dose de vacina diferente da tomada anteriormente.  Segundo o secretário, quem tomou Coronavac deve agora tomar outra vacina, como a Pfizer, ou Jansen, como dose de reforço. As declarações de Prates estão na coluna do economista Armando Avena, publicada nesta quinta-feira no jornal A Tarde. Veja aqui.