domingo, 16 de junho de 2024
Euro 5.7376 Dólar 5.3763

MUSEUS DA BAHIA SÃO ABERTOS APÓS 520 DIAS

Redação - 12/08/2021 09:13 - Atualizado 12/08/2021

O Dia Nacional do Patrimônio Histórico, 17 de agosto, será duplamente comemorado na Bahia, com a reabertura dos museus administrados pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Ipac), vinculado à Secretaria de Cultura do Estado (Secult). Fechados há um ano e meio, devido à pandemia, agora, em virtude da flexibilização das atividades determinada pelas autoridades públicas municipal e estadual, os espaços culturais terão horários de funcionamento diferenciados e continuarão seguindo as regras de prevenção à Covid-19, com o uso obrigatório de máscara, álcool em gel, distanciamento social e limitação do número de visitantes.

Na capital, apenas o Museu de Arte da Bahia (MAB), o Palacete das Artes e o Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM) reabrem no dia 17. No interior, o Museu do Recolhimento dos Humildes e o Parque Histórico Castro Alves voltam a funcionar no dia 19. Os museus Tempostal e Udo Knoff de Azulejaria e Cerâmica, localizados no Pelourinho, seguem fechados (para readequação dos espaços) até setembro, com programação especial comemorativa para a Primavera dos Museus. O Centro Cultural Solar Ferrão está em obras de revitalização e retornará em data a ser anunciada em breve.

Para o diretor-geral do Ipac, João Carlos de Oliveira, este é um momento de muita alegria e entusiasmo. “Estou muito feliz em chegarmos nessa fase de reabertura dos museus, depois de tantas limitações e perdas. Chegamos neste dia tão esperado e desejado por nós ao voltarmos a oferecer arte e viver a arte. Os museus estão de braços abertos esperando pelos seus visitantes, que são os responsáveis por dar vida aos equipamentos, que são a verdadeira razão deles existirem. Sejam bem-vindos de volta”, afirmou.

Desde o início do isolamento social, os museus do Ipac têm desenvolvido ações nas redes sociais para manter a divulgação de seus acervos e atividades, além da comunicação com o público. Foram realizadas centenas de ações, a exemplos de lives, exposições e oficinas, sempre com temas ligados ao patrimônio artístico e cultural do estado. Com a reabertura, os museus passarão, dentro dos protocolos de segurança, a receber o público também para acompanhar a agenda educativa.

Programação de alguns museus

O Museu de Arte da Bahia (MAB):  exposição ‘Revisitando Modos de Ver e de Entender a Arte’

O Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM) reabre com a exposição ‘O Museu de Dona Lina:  homenagem à arquiteta ítalo-brasileira Lina Bo Bardi

Palacete das Artes: exposição ‘Sobreviver’ vai homenagear os artistas Mario Cravo Jr. e Reinaldo Eckenberger.  E  obras do artista plástico Sergio Amorim, na mostra ‘Águas de Salvador e da Baía de Todos os Santos’,

Copyright © 2023 Bahia Economica - Todos os direitos reservados.