PACIENTES NA FILA POR LEITO COVID CAI PARA ZERO EM CAMAÇARI

PACIENTES NA FILA POR LEITO COVID CAI PARA ZERO EM CAMAÇARI

Após 30 dias de medidas restritivas no enfrentamento à pandemia da Covid-19, o município de Camaçari, localizado na Região Metropolitana de Salvador, apresenta resultados positivos. O principal, segundo a administração pública, foi a redução da fila de espera por leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e clínicos, assim como a procura de pacientes sintomáticos por atendimento nas unidades da Atenção Básica e de urgência e emergência.

Durante todo o mês de março, a média diária de pessoas na fila de espera por um leito de UTI ou clínico para tratamento da doença, foi de 38 pessoas. Se calcular a média tomando por base apenas a primeira quinzena de março, momento mais crítico da pandemia no município, essa média foi de 55 pessoas por dia. No momento mais difícil, chegou a ter 72 pessoas na fila de espera, em um dia. Porém, após a abertura de novos leitos clínicos e de UTI, somados às medidas restritivas, esse número caiu para zero desde o dia 1º de abril e assim tem estado nos últimos cinco dias.

Outro fator importante observado, foi a redução no número de pessoas que tem dado entrada na tela da regulação aguardando um leito Covid. Durante todo o mês de março a média diária era de 25 novos pacientes. Nos últimos cinco dias, essa média caiu para três pacientes, por dia.

Diretora de Controle e Regulação do SUS, Elba Brito, explica que, “a redução no número de pacientes por dia pedindo leitos é o sinal mais importante dos efeitos positivos das medidas restritivas. Porém, ainda precisamos nos manter muito vigilantes, pois a ocupação dos leitos de UTI do município continua em 100%. Essa média não baixou em momento nenhum, ainda”.

 

Foto: Mateus Pereira