COMISSÃO DA CMS QUER DESOBRIGAR TESTES DE LOJISTAS

COMISSÃO DA CMS QUER DESOBRIGAR TESTES DE LOJISTAS

A Comissão Permanente de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Relações Internacionais da Câmara Municipal vai acionar a prefeitura para desobrigar lojistas de shopping centers da testagem obrigatória de funcionários. O protocolo de reabertura estabelece que os empresários devem submeter todos os funcionários a testes de Covid-19 a cada 21 dias. Nesta semana, ACM Neto falou sobre a possibilidade de flexibilizar a determinação para 20% do quadro de funcionários.

O presidente do colegiado, vereador Claudio Tinoco (DEM), defendeu a desobrigação por três motivos: ausência de equidade em relação aos demais setores, incerteza de que 20% dos funcionários testados garantiria alguma segurança e economia, já que os lojistas estão sem capital há 120 dias. “Por que outros setores do comércio não são obrigados a fazer testagem e lojistas de shopping seriam obrigados? É tratar de forma diferente situações comuns. Além da loja em si, haverá protocolo de exigência e higienização da própria administração do centro comercial. É questão de equidade do tratamento”, avaliou Tinoco.

A reunião da comissão na qual foi definido o encaminhamento aconteceu nesta quarta-feira (15), por videoconferência. Participaram do encontro o secretário de Saúde da cidade, Leo Prates, e os vereadores Zé Trindade (PSB), Luiz Carlos (Republicanos) e Kiki Bispo (DEM). Estiveram presentes ainda representantes da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado da Bahia (Fecomércio-BA), do Sindicato Atacadista de Materiais de Construção da Cidade do Salvador, e da Câmara dos Empresários de Shopping Center da Fecomércio-BA.

 

 

 

 

Foto: Agustin Marcarian/Reuters