GOVERNO DO ESTADO AMPLIA CAPACIDADE DE TESTAGEM DA COVID-19

GOVERNO DO ESTADO AMPLIA CAPACIDADE DE TESTAGEM DA COVID-19

Metodologias de mapeamento e redesenho de processos e fluxos de atendimento ajudaram o governo baiano a ampliar, em tempo record, a sua capacidade de atendimento à demanda por exames laboratoriais para testagem e detecção da Covid-19. Graças a uma parceria entre a Secretaria da Administração do Estado (Saeb) e a Secretaria de Saúde (Sesab), o Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) introduziu uma série de intervenções em suas rotinas e processos de trabalho, que vão desde padronização de fluxos até mudanças de layout, passando por remanejamento, ampliação e capacitação de equipes.

De acordo com a diretora do Lacen Arabela Leal Mello, hoje o laboratório chega a receber 2 mil amostras de exame por dia, entregando 85% dos resultados em um prazo de no máximo 48 horas. “O aumento rápido da capacidade foi proporcionado, principalmente pela aquisição de equipamentos e contratação de pessoal, mas houve também uma série de alterações importantes nas nossas rotinas administrativas”, explica a diretora.

A parceria com o Lacen foi realizada por meio de duas frentes: por um lado, o trabalho de disseminação da tecnologia de gerenciamento de processos de negócio – conduzido pela Diretoria de Soluções em Gestão (DSG) da Saeb – e, por outro, o suporte direto da Superintendência de Atendimento ao Cidadão (SAC), que emprestou ao laboratório, entre outras coisas, sua expertise em modelos de atendimento ao cidadão.

“De forma conjunta, nós conseguimos mapear todo o fluxo de atendimento, desde o recebimento das amostras até a entrega do resultado à unidade de saúde solicitante, identificando gargalos e oportunidades de melhorias que foram colocadas em prática pelo Lacen”, complementa a coordenadora de Modelos de Atendimento da SAC, Cynthia Dantas Ferreira.