segunda, 15 de julho de 2024
Euro 5.9277 Dólar 5.4292

BOLSONARO VAI ENTREGAR PRESIDÊNCIA DO BANCO DO NORDESTE AO PL DE VALDEMAR COSTA NETO

Redação - 01/06/2020 07:00 - Atualizado 01/06/2020
Foto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil

Por: João Paulo Almeida

Em mais um gesto de aproximação do Palácio do Planalto com Centrão , o presidente Jair Bolsonaro vai entregar o comando do Banco Nacional do Nordeste (BNB) para um nome indicado pelo Partido Liberal (PL) , sigla liderada pelo ex-deputado Valdemar Costa Neto , condenado no mensalão. No lugar do atual presidente do banco, Romildo Rolim , assumiu Alexandre Borges Cabral, que já era presidente da Casa da Moeda entre julho de 2016 e junho de 2019 por indicação de outra legenda do bloco, o PTB .

A troca é vista como uma nova sinalização da aliança entre Bolsonaro e o Centrão. O objetivo seria a construção de uma base aliada no Congresso Nacional na tentativa de barrar um eventual processo de impeachment. Porém, o próprio presidente disse na quinta-feira passada (28), que mesmo se aproximando do centrão, política condenada por ele nas últimas eleições não entregaria ministérios, bancos públicos ou empresas estatais (Veja aqui).

O Banco do Nordeste é um ativo político valioso, devido à sua forte presença junto a empresas, agricultores e pequenos empreendedores na região. A instituição também participa de financiamentos de infraestrutura, incluindo expansão de aeroportos nas capitais nordestinas concedidas a iniciativas privadas. No ano passado, o banco desembolsou R $ 42,16 bilhões em mais de 5,3 milhões de operações. Para se ter uma ideia, o valor é 74,4% do total desembolsado em 2019 pelo BNDES, banco de desenvolvimento que opera em todo o Brasil.

O BNB também é responsável por recursos operacionais bilionários do Fundo Constitucional do Nordeste (FNE). Em abril, o governo lançou uma linha de crédito com juros subsidiados para microempreendedores e trabalhadores que trabalham com recursos dos fundos constitucionais. O BNB ficou com uma operação de R $ 3 bilhões de um total de R $ 6 bilhões disponibilizados para o programa.

Foto: divulgação

Copyright © 2023 Bahia Economica - Todos os direitos reservados.