DE OUTUBRO PARA NOVEMBRO, PRODUÇÃO INDUSTRIAL BAIANA RECUA 3,5%

DE OUTUBRO PARA NOVEMBRO, PRODUÇÃO INDUSTRIAL BAIANA RECUA 3,5%

Nessa comparação, a indústria da Bahia volta a cair depois de três meses de resultado positivo consecutivo e ficou abaixo da média nacional, que também recuou (-1,2%); Frente a novembrode 2018, a produção industrial no estado seguiu em queda (-2,2%), mostrando o sexto resultado negativo seguido e pior que a média nacional (-1,7%). Foi o pior novembro dos últimos três anos (-3,9% em nov/2016); Frente a novembro de 2018, 6 dos 11 segmentos industriais investigados tiveram recuos, puxados por outros produtos químicos (-42,8%) e couros (-18,2%);  Por outro lado, as principais contribuições positivas para a produção industrial baiana em novembro vieram dos segmentos de derivados do petróleo (24,7%) e bebidas (18,3%), este último já acumula a maior alta no ano (16,4%); Com o desempenho do mês de novembro, a produção industrial na Bahia segue em queda no tanto no acumulado no ano de 2019, frente ao mesmo período de 2018 (-2,8%), quanto no acumulado em 12 meses (-2,5%).

Foto: divulgação