DÓLAR RECUA 1,8% E FECHA A R$ 4,11;MENOR COTAÇÃO EM 2 SEMANAS

DÓLAR RECUA 1,8% E FECHA A R$ 4,11;MENOR COTAÇÃO EM 2 SEMANAS

O dólar comercial teve queda de 1,79% nesta quarta-feira, 4, negociado, em média, a 4,11 reais para a venda, o menor valor desde o dia 22 de agosto, quando a moeda estava em 4,08 reais. Cenários positivos da Ásia e da Europa fizeram com que os mercados operassem em alta, até mesmo em países emergentes, amenizando o temor de uma desaceleração econômica global e causando o enfraquecimento da moeda americana frente ao real.

Já o Ibovespa, principal índice da bolsa de valores brasileira, acompanhou o otimismo dos mercados internacionais e encerrou o pregão desta quarta-feira com alta de 1,52%, fechando aos 101.200 pontos, voltando a superar a barreira histórica dos 100 mil pontos. No cenário interno, investidores se mostram confiantes com a tramitação mais célere da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da reforma da Previdência na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) no Senado Federal. O texto-base das novas regras da aposentadoria oficial do país foi aprovado na comissão na tarde desta quarta-feira, por 18 fotos favoráveis a 7 contrários. Ainda há a expectativa de ser votado ainda hoje a PEC Paralela, que inclui, entre outros pontos, estados e municípios na reforma.