SEGURANÇA DO ENEM SERÁ MUDADA EM CASO DE BOLSONARO QUERER VER AS PROVAS ANTES DA APLICAÇÃO

SEGURANÇA DO ENEM SERÁ MUDADA EM CASO DE BOLSONARO QUERER VER AS PROVAS ANTES DA APLICAÇÃO

O modelo de segurança do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) precisará ser revisto, caso o presidente eleito Jair Bolsonaro queira ter acesso à prova antes da aplicação. A afirmação foi dada pelo ministro da Educação, Rossieli Soares, nesta terça (27).

De acordo com o ministro, após elaborada, a prova fica em uma sala-cofre e só deixa o local para ser levada à gráfica, escoltada por policiais federais. “Existe um processo, um procedimento, que precisará ser revisto para que isso aconteça, mas caberá a eles a partir de 1º de janeiro”, completou.

“Se o presidente eleito vai ou não vai ver a prova, caberá a eles, a partir de 1º de janeiro, entender qual o modelo de gestão”, afirmou. A declaração vem após o indicado para o ministério no governo eleito. Ricardo Vélez Rodríguez, dizer que “ninguém vai impedir” Bolsonaro de ver a prova, caso ele queira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.