JUSTIÇA MANTÉM PRISÃO DE ALIADOS DE BETO RICHA

JUSTIÇA MANTÉM PRISÃO DE ALIADOS DE BETO RICHA

Em decisão foi proferida hoje (24), o juiz Paulo Sérgio Ribeiro, da 23ª Vara Federal de Curitiba, manteve os decretos de prisão preventiva de Deonilson Roldo, ex-chefe de gabinete do ex-governador do Paraná Beto Richa (PSDB), e do empresário Jorge Theodocio Atherino, apontado como operador de propinas do tucano.

De acordo com o Ministério Público Federal (MPF), houve “pagamento de propinas pela empreiteira Odebrecht para obter favores ilegais relacionados à Parceria Público Privada (PPP) para exploração e duplicação da PR-323, entre os municípios de Francisco Alves e Maringá, durante o ano de 2014, cujo valor era de R$ 7,2 bilhões”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.