GANHO REAL DO SALÁRIO NA BAHIA SOFRE REDUÇÃO EM JANEIRO 

GANHO REAL DO SALÁRIO NA BAHIA SOFRE REDUÇÃO EM JANEIRO 

 

Segundo dados da Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia, o ganho real do salário na Bahia sofreu uma redução entre os meses de janeiro e fevereiro. Nesse período, houve retração na massa de rendimentos reais dos ocupados (-4,1%) e dos assalariados (-5,4%). No caso dos ocupados, o resultado deveu-se ao decréscimo do rendimento médio real e, em menor medida, do nível de ocupação. Em relação aos assalariados, o resultado decorreu, principalmente, do declínio do salário médio real, já que o nível de emprego pouco se alterou.

Segundo posição na ocupação, nos últimos 12 meses, o emprego assalariado declinou (-1,6% ou -15 mil), devido ao decréscimo no setor público (-8,1% ou -10 mil) e, em menor escala, no setor privado (-0,5% ou -4 mil). No setor privado, reduziu-se o número de assalariados com carteira assinada (-3,0% ou -22 mil), enquanto elevou-se o contingente de trabalhadores sem registro em carteira (18,4% ou mais 18 mil). Aumentou intensamente o contingente de trabalhadores autônomos (24,0% ou 67 mil) e, em menor medida, o do agregado outras posições ocupacionais, que inclui empregadores, trabalhadores familiares e donos de negócio familiar, entre outros (3,4% ou 3 mil), e retraiu-se o número de empregados domésticos (-8,1% ou -10 mil).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.