repercussao

PORTINARI PROÍBE MATRÍCULA DE ALUNOS ENVOLVIDOS EM ATAQUES

Depois que ataques racistas foram feitos por alunos do Colégio Cândido Portinari à filha de um porteiro da escola, uma estudante de 14 anos, a escola decidiu proibir a renovação da matrícula dos alunos envolvidos no ato, no ano letivo de 2022.