sexta, 19 de julho de 2024
Euro 6.098 Dólar 5.6089

EM JUNHO, INFLAÇÃO DA REGIÃO METROPOLITANA DE SALVADOR É A MAIS BAIXA DO PAÍS

Victoria Isabel - 10/07/2024 11:00

Em junho, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), medida oficial da inflação (ou custo de vida), calculado pelo IBGE, ficou em -0,04% na Região Metropolitana de Salvador (RMS).

O indicador de junho, na RMS, teve importante desaceleração em relação a maio, quando havia sido de 0,58%, e foi 1 das 3 deflações (quedas médias de preços) registradas no mês, entre os 16 locais pesquisados pelo IBGE. Ainda assim, ficou acima do verificado em junho de 2023, quando tinha sido -0,23%

No Brasil como um todo, o IPCA de junho foi 0,21%. Abaixo da RM Salvador ficaram os índices das regiões metropolitanas de Recife/PE (-0,09%) e Porto Alegre/RS (-0,14%). No outro extremo, as maiores inflações, em junho, ocorreram em Goiânia/GO (0,50%), na RM Belo Horizonte/MG (0,46%) e em Rio Branco/AC (0,34%).

Com o resultado do mês, o IPCA da RM Salvador acumula alta de 2,46% no primeiro semestre de 2024. Está um pouco abaixo do índice nacional (2,48%) e é o 7º entre os 16 locais. Segue também inferior ao registrado no mesmo período de 2023 (3,00%) e é a menor inflação para um primeiro semestre, na RMS, em quatro anos: desde 2020, primeiro ano da pandemia (quando o acumulado tinha sido 0,72%).

Já nos 12 meses encerrados em junho, a inflação na RM Salvador acumula alta de 3,95%. Acelerou em relação ao verificado em maio, quando esse acumulado estava em 3,73%, e já é maior do que o índice do mesmo período de 2023, que havia sido de 2,70%. Ainda assim, está abaixo do acumulado no Brasil como um todo (4,23%) e é o 4º menor índice entre os 16 locais pesquisados.

O quadro a seguir mostra o IPCA para o Brasil e as áreas pesquisadas, no mês, no acumulado no ano e nos 12 meses encerrados em junho de 2024.

Foto: Imagem/Pixabay

Copyright © 2023 Bahia Economica - Todos os direitos reservados.