terça, 18 de junho de 2024
Euro 5.8351 Dólar 5.4389

GT DO G20 ENCERRA REUNIÕES COM EXPECTATIVAS DE MAIS INVESTIMENTOS EM POLÍTICAS SOCIAIS

Victoria Isabel - 30/05/2024 07:59 - Atualizado 30/05/2024

No último dia de reunião técnica do Grupo de Trabalho de Desenvolvimento do G20, no Centro de Convenções Salvador, a diplomata e coordenadora do GT, Celeste Cristina Badaró, apresentou, durante coletiva de imprensa, um balanço geral sobre os três dias do encontro, entre 27 e 29 de maio, na capital baiana.

Representantes das maiores economias globais de 19 países, além da União Africana e União Europeia, se debruçaram sobre três prioridades: combate à fome, pobreza e desigualdade.

As discussões tiveram o intuito de engajar países em evolução, a partir do Plano de Ação para a Agenda 2030 de Desenvolvimento Sustentável, adotado pela ONU em 2015, que visa erradicar a pobreza, proteger o planeta e assegurar prosperidade para todos até o ano de 2030, através de 17 objetivos. A redução das desigualdades foi um dos temas prioritários dos encontros, segundo Badaró.

“Outro aspecto bem forte é a igualdade racial, que inclusive, é um dos motivos pelos quais escolhemos realizar os encontros em Salvador, por ser uma das cidades com a maior presença africana do Brasil. Inclusive o Brasil adota um 18º objetivo, que é justamente a promoção da igualdade racial, e que estamos tentando liderar, por exemplo, para que outros países também o incluam em políticas nesse sentido”, pontuou.

O acesso universal ao saneamento básico também esteve no centro do debate. “É uma área que até as 20 maiores economias do mundo ainda estão muito atrás. Nenhum desses países tem acesso universal a esse serviço, muito necessário para a dignidade humana, promoção da saúde, educação, e para que todos possam ter uma vida totalmente plena de direitos”, destacou a coordenadora do GT de Desenvolvimento do G20.

A partir das discussões sobre essas temáticas com os países envolvidos, a coordenação do GT está construindo um documento que possa alcançar a todos no combate à desigualdade, com um chamamento para mais investimentos nessas áreas.

Foto: Divulgação

Copyright © 2023 Bahia Economica - Todos os direitos reservados.