terça, 18 de junho de 2024
Euro 5.82 Dólar 5.4259

PARCERIA ENTRE ESTADO E NACPC AMPLIA ACOMPANHAMENTO DE PESSOAS COM TRANSTORNO DO ESPECTRO AUTISTA

Victoria Isabel - 19/04/2024 15:10

Camila Brito, residente do bairro Sussuarana, continua levando seu filho Saulo Gabriel, que possui transtorno do espectro autista, para consultas no Centro Integrado de Apoio à Criança e ao Adolescente (Ciac), localizado em Ondina. Agora, esse atendimento especializado será oferecido pelo recém-inaugurado Núcleo de Atendimento à Criança e ao Adolescente com Transtorno do Espectro Autista (TEA), administrado pelo Núcleo de Atendimento à Criança com Paralisia Cerebral (NACPC), inaugurado nesta sexta-feira (19) na sede do Ciac.

Para Camila, ter acesso a esse espaço acolhedor é extremamente gratificante: “É maravilhoso ter um lugar para ele receber acompanhamento. Ele precisa do suporte de um psicólogo. Aqui é realmente ótimo. Abriu-se uma nova porta para nós. É um novo olhar para os autistas.”

Atualmente, o local atende 515 pessoas com diferentes tipos de deficiência física e intelectual. Com a expansão da estrutura, espera-se que esse número aumente para 715 até junho.

Essa readequação é uma iniciativa do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social (Seades). Presente na abertura oficial do serviço, Tatiana Velloso, primeira-dama e presidente das Voluntárias Sociais da Bahia, expressou sua satisfação em fazer parte desse momento.

“Há 23 anos, vem sendo realizado um trabalho importante de acolhimento e desenvolvimento humano para nossas crianças com paralisia cerebral, bem como para crianças, adolescentes e jovens com outras deficiências, incluindo o autismo. Este é um momento de celebração, de alegria e de garantia de direitos por meio de uma política pública. Além disso, demonstra a interconexão com outras políticas, fortalecendo o trabalho dessa entidade que é o NAPC”, ressaltou a primeira-dama.

Pedro Guimarães, fundador e presidente do NACPC, destaca a importância da parceria com o Estado para ampliar o número de pessoas beneficiadas: “Essa colaboração permitiu que, em conjunto com as ações já existentes na Seades e no Ciac, ampliássemos nossa capacidade de atendimento. Todos esses projetos serão integrados ao programa para crianças com autismo, que atualmente representa uma demanda social significativa. Ofereceremos técnicas de reabilitação, abordagem sensorial e apoio às famílias.”

 

foto: Thuane Maria/GOVBA

 

Copyright © 2023 Bahia Economica - Todos os direitos reservados.