domingo, 16 de junho de 2024
Euro 5.7376 Dólar 5.3763

RECURSOS PÚBLICOS NÃO DEVEM SER UTILIZADOS PARA REALIZAÇÃO DE FESTAS, RECOMENDA CONSELHO ESTADUAL DE SAÚDE DA BAHIA

João Paulo - 10/04/2024 11:40

Durante a 304ª Reunião Ordinária realizada na segunda-feira (08), o Conselho Estadual de Saúde da Bahia recomendou aos gestores públicos municipais, os quais seus municípios estejam em situação de alerta, epidemia e/ou emergência, que não utilizem recursos públicos para realização de festejos populares, a exemplo do Micareta e São João.

Diante do atual cenário epidemiológico da Bahia, a recomendação reforça a necessidade de atenção de cada município para a situação de risco, a qual muitos se encontram, uma vez, que o estado registra um aumento de 788% casos prováveis da Dengue e uma taxa de letalidade de apenas 1,45%, menor do que a média nacional. Ao todo, foram confirmados 30 óbitos por dengue nos municípios de Vitória da Conquista (7), Jacaraci (4), Juazeiro (3), Piripá (3), Feira de Santana (3), Santo Antônio de Jesus (2), Barra do Choça (1), Caetité (1), Campo Formoso (1), Carinhanha (1), Ibiassucê (1), Irecê (1), Santo Estevão (1) e Encruzilhada (1).

Segundo o presidente do CES-BA, Marcos Gêmeos, é inadmissível e contraditório os municípios que decretaram emergência, devido ao aumento de casos da dengue ou das fortes chuvas, no período que coincide com festas populares anuais, manter a realização das mesmas, ao invés de priorizar o cuidado e a garantia da assistência à saúde da população da população. “Nesse momento a prioridade é a assistência a população, a garantia do acesso a saúde e a alimentação. Assistência para as pessoas que perderam suas casas devido as chuvas e reconstrução das cidades e unidades de saúde”, reforça.

De acordo com os dados da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Divep) da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), foram notificados 114.809 casos prováveis de Dengue na Bahia até o dia 7 de abril de 2024, registrando um Coeficiente de Incidência (CI) de 809,7 casos/100.000 habitantes. Na semana epidemiológica 14 de 2023, foram notificados 14.561 casos prováveis. No total, 265 municípios da Bahia estão em estado de epidemia de Dengue. Outros 80 estão em risco e 18 em alerta.

Também é importante avaliar o cenário das fortes chuvas no Estado da Bahia que deixou 275 pessoas desabrigadas e 2.281 desalojadas, e que a Superintendência de Proteção e Defesa Civil (Sudec) declarou “estado de emergência” em 48 municípios baianos (dados referentes aos meses de janeiro a abril de 2024.

Copyright © 2023 Bahia Economica - Todos os direitos reservados.