sábado, 13 de julho de 2024
Euro 5.9574 Dólar 5.4654

PALCO DO FESTIVAL VIVA SALVADOR TERÁ IDENTIDADE VISUAL INSPIRADA NAS CULTURAS AFRICANAS

João Paulo - 04/04/2024 13:40 - Atualizado 04/04/2024

O Festival Viva Salvador, que celebra os 475 anos da capital baiana, o cenário emblemático da Praça Maria Felipa (antiga Praça Cayru), no Comércio e acontece neste final de semana, está na reta final de preparação. No palco shows de Carlinhos Brown, Larissa Luz – convida Luedji Luna e Didá – e Seu Jorge no próximo sábado (6). Devido à Semana Santa, o evento foi estendido para este final de semana e já está na fase dos últimos ajustes, conforme conta Isaac Edington, presidente da Empresa Salvador Turismo (Saltur).

“Estamos bem avançados na montagem da estrutura na Praça Maria Felipa. Temos um cronograma para no final da tarde da quinta-feira começar a fazer ajustes de produção e na sexta-feira fazer passagem de som. Os músicos liberados por Carlinhos Brown já estão ensaiando e fazendo ajustes no repertório, então já já vai estar tudo pronto para termos um evento incrível no sábado”, destaca.

O representante da Saltur também adiantou que Larissa Luz e Carlinhos Brown serão os mestres de cerimônia da festa no sábado, que terá direção de Gil Alves. Quando Seu Jorge subir ao palco, ficará encarregado de interpretar criações musicais de compositores baianos junto aos anfitriões, enquanto Luedji Luna e a Banda Didá farão uma homenagem à força do feminino, aos blocos afro e ao samba reggae.

Para comportar todas as referências propostas, o palco também terá uma identidade visual inspirada nas culturas africanas. “No palco, trouxemos o prisma do arco íris presente na arte do projeto e o encontro do céu e da terra inspirado no orixá Oxumarê, que é também no tema da Viradouro (campeã do Carnaval do Rio de Janeiro), fazendo esse emolduramento equilibrado”, pontua Isaac. “A ideia é fazer algo realmente inusitado, com bastante significado que vai ser passado e transmitido para o Brasil inteiro”, completa.

A expectativa é de que o evento reúna entre 30 mil e 50 mil pessoas. O arquiteto Natan Pacheco, de 24 anos, é um dos que vão marcar presença. Ele, que vai participar pela primeira vez da comemoração do aniversário de Salvador, conta que está ansioso pelo final de semana. “A expectativa está a mil. São atrações boas, culturais, então estou bem animado para os shows. Gosto de todas as bandas, mas sou fã de Carlinhos desde pequeno por conta das composições e do artista que ele é para a música brasileira”, frisa.

Nessa semana, a programação musical do Festival Viva Salvador tem início na sexta-feira (5), com show de Magary Lord e Psirico, a partir das 18h, em Cajazeiras. Na Praça Maria Felipa, os shows de Larissa Luz, Carlinhos Brown, Seu Jorge, Luedji Luna e Banda Didá acontecem a partir das 16h30, no sábado (6), com transmissão ao vivo pelo YouTube da Prefeitura de Salvador. Neste dia, uma das vias do Comércio será interditada para oferecer maior segurança para o público e o Elevador Lacerda vai funcionar até às 22h. Já no domingo (7), o show que comemora os 40 anos da Banda Mel ocorre a partir de 12h, no Parque da Cidade. O projeto especial Som Salvador é uma realização do Jornal Correio, com patrocínio da Unipar, apoio institucional da Prefeitura Municipal de Salvador e apoio da Wilson Sons e Salvador Shopping.

Crédito: Arisson Marinho/CORREIO

Copyright © 2023 Bahia Economica - Todos os direitos reservados.