domingo, 14 de abril de 2024
Euro 5.4735 Dólar 5.148

CICAN PASSA A CONTAR COM CENTRO DE REFERÊNCIA DE IMUNOBIOLÓGICOS ESPECIAIS

LUIZA SANTOS - 03/04/2024 16:36

Acompanhado no Centro Estadual de Oncologia (Cican) há quase quatro anos, onde trata um câncer de próstata, o aposentado José Luís Freire, de 72 anos, foi o primeiro paciente a tomar uma vacina no novo Centro de Referência de Imunobiológicos Especiais (CRIE) do Cican.

O espaço, inaugurado nesta quarta-feira (3) pela secretária da Saúde do Estado, Roberta Santana, é especializado na oferta de vacinas, imunoglobulinas e soros para pacientes com doenças ou condições especiais de saúde que não estão contemplados no calendário básico vacinal do Programa Nacional de Imunização (PNI), e tem previsão de atender 80 pessoas por dia. “É muito bom ter essa possibilidade de se vacinar aqui no Cican mesmo, facilita a vida da gente”, comemorou o paciente que recebeu a vacina contra a Influenza.

Pensado em parceria com o CRIE do Instituto Couto Maia (ICOM), o local é o primeiro da Bahia e um dos pioneiros do país instalado em uma unidade oncológica e vai funcionar diariamente, das 7h às 17h, com estrutura de última geração que conta com duas câmaras frias para armazenamento dos imunizantes, assegurando e qualificando o acesso da população a esses imunobiológicos.

“A partir de hoje, pacientes como o seu José vão poder ter acesso à imunização aqui mesmo na unidade, com todo o conforto e segurança que precisam. Ficamos muito felizes com essa entrega e parabenizamos toda a equipe envolvida. Através desse CRIE, aumentamos o cuidado com os nossos pacientes para que possam fazer todo o acompanhamento e orientação vacinal. Vacinas salvam vidas e esse é o compromisso do nosso governo”, destaca.

Diretora do Cican, Ana Cátia Mendonça, explica que os imunizantes também serão disponibilizados para acompanhantes e funcionários da unidade, contemplando também as vacinas preconizadas no Calendário Básico de Vacinação. “Nossa meta é ampliar essa vacinação para além do paciente. Dessa forma, conseguiremos prevenir, por exemplo, doenças respiratórias muito corriqueiras em paciente oncológico, como as pneumonias, além de evitar que esse paciente, que já está passando por um tratamento muito delicado e longo, seja acometido por doenças preveníveis”, afirma.

Foto: Divulgação

Copyright © 2023 Bahia Economica - Todos os direitos reservados.