segunda, 15 de abril de 2024
Euro 5.5233 Dólar 5.1909

CANAL BRASIL MARCA PRESENÇA NO 26º FESTIVAL DE CINEMA BRASILEIRO DE PARIS COM 10 COPRODUÇÕES

Bruno Alves - 27/03/2024 19:30 - Atualizado 27/03/2024

Os filmes serão exibidos no evento, principal vitrine do audiovisual na Europa

A 26ª edição do Festival de Cinema Brasileiro de Paris, que acontece na capital francesa até o dia 2 de abril, apresenta um panorama da produção audiovisual nacional com mais de 30 filmes. Neste ano, o evento conta com dez filmes coproduzidos pelo Canal Brasil divididos entre as cinco mostras da programação. O festival é realizado pela Jangada, da carioca Katia Adler, e há mais de duas décadas reúne cerca de cinco mil pessoas no tradicional L’Arlequin, cinema de rua modernista no bairro de Saint-Germain-des-Près.

Na Mostra Competitiva, que premia um vencedor através do voto popular, serão exibidas as coproduções “Betânia”, de Marcelo Botta, produção do Maranhão que também fez parte da seleção do Festival de Berlim; “Pérola”, de Murilo Benício, que será apresentado em sessão seguida de debate com a presença do diretor; e “O Diabo na Rua, no Meio do Redemunho”, de Bia Lessa, exibido no Festival do Rio e protagonizado por Caio Blat. “Levante”, de Lillah Halla, foi eleito o melhor filme das Seções Paralelas na premiação da Fipresci (Federação Internacional dos Críticos) no Festival de Cannes e representa o Canal Brasil na Mostra Hors-Concours.

Na seleção de documentários, o canal marca presença com “Nas Ondas de Dorival Caymmi”, de Locca Faria, inédito na Europa; “No Céu da Pátria Nesse Instante”, de Sandra Kogut, que contará com debate com a presença da diretora e de Marcelo Freixo após a exibição do filme; e “Sinfonia de Um Homem Comum”, de José Joffily, que recebeu menção honrosa no Festival É Tudo Verdade e traz a história de José Maurício Bustani, diplomata brasileiro e primeiro diretor geral da OPAQ (Organização para a Proibição de Armas Químicas).

Na Sessão Escolar, mostra voltada para estudantes de escolas francesas, serão apresentados três filmes, entre eles duas coproduções do canal: “O Beijo no Asfalto”, de Murilo Benício, que estará presente na apresentação do longa e no debate que acontece em seguida; e “Três Verões”, de Sandra Kogut, que também terá debate depois da sessão com a presença da diretora. O grande homenageado da 26ª edição é o ator Antônio Pitanga, que ganhou uma mostra que celebra sua vida e carreira, em que será apresentado “Casa de Antiguidade”, de João Paulo de Miranda Maria, mais uma coprodução do Canal Brasil

Foto/Reprodução: Divulgação/Canal Brasil

Copyright © 2023 Bahia Economica - Todos os direitos reservados.