segunda, 15 de julho de 2024
Euro 5.9338 Dólar 5.4493

SEMAN VAI FAZER UMA CERCA DE TAPUMES PARA EVITAR ACIDENTES APÓS AFUNDAMENTO DO CALÇADÃO NA PITUBA

LIZANDRA MUNIZ - 14/02/2024 17:08 - Atualizado 14/02/2024

Na madrugada desta quarta-feira (14), uma parte do calçadão da Pituba se rompeu. A Codesal informa que houve um tombamento da alvenaria de pedra. O rompimento teria sido provocado pelo avanço da maré. Pela manhã, equipes da Secretaria de Manutenção (Seman) estavam no local para analisar a situação da estrutura e isolaram a área rompida. Por enquanto não há informação de quanto tempo a região ficará isolada.

“Vamos fazer uma cerca de tapumes para evitar acidentes. Enquanto a maré não avançar, não tem risco de aumentar o afundamento”, afirmou o engenheiro, Paulo Argolo. Paulo afirma que o avanço da maré é o responsável pelo afundamento. “O mar bate na alvenaria e vai puxando o material da base. Isso contribui para o rompimento. Nesse trecho, o avanço do mar é maior e não tem o muro protegendo da força das águas”, detalhou.

A faixa de areia ainda não havia sido isolada, até o final desta manhã. Um muro de contenção próximo ao local apresentava rachaduras. “Não deu para isolar antes porque a maré estava batendo na alvenaria. Agora que o mar recuou, vamos colocar uma proteção e avaliar sobre a retirada das partes soltas para não causar acidentes”, explicou.

De acordo com a Prefeitura de Salvador, tapumes estão sendo instalados no local para o início dos serviços de reparo. Técnicos da Superintendência de Obras Públicas (Sucop) estarão na região para avaliar a situação e decidir quais serão as medidas a serem tomadas para reparar a alvenaria. Ainda não há previsão de prazo para a conclusão do serviço.

(Correios)

 

Foto: Arisson Marinho

Copyright © 2023 Bahia Economica - Todos os direitos reservados.