sábado, 22 de junho de 2024
Euro 5.8473 Dólar 5.4623

GLOBO PAGOU R$ 2,1 BILHÕES POR BRASILEIRÃO EM 2023; SAIBA QUANTO O BAHIA RECEBEU DA EMISSORA

Emilly Lima - 06/02/2024 18:39 - Atualizado 06/02/2024

A Globo desembolsou cerca de R$ 2,1 bilhões pelos direitos de transmissão do Brasileirão 2023. Esse montante inclui valores destinados à TV aberta (R$ 869,4 milhões), TV por assinatura (R$ 724,5 milhões), ganhos do pay-per-view (R$ 302,4 milhões) e os mínimos garantidos do PPV pagos a Flamengo, Corinthians, Grêmio e Palmeiras, que totalizaram R$ 541,9 milhões provenientes do Premiere no ano anterior. O Esporte Clube Bahia ocupou a 14ª posição no ranking das equipes que mais receberam verba da emissora, totalizando R$ 72,1 milhões em receitas.

Atualmente, a distribuição do dinheiro proveniente do Brasileirão na TV segue uma divisão específica: os valores relativos à TV aberta e TV por assinatura são divididos em três partes, conforme a fórmula 40/30/30. Isso significa que 40% são distribuídos igualmente entre todos os clubes, 30% são destinados de acordo com o número de jogos transmitidos, e os 30% restantes compõem a premiação de acordo com a classificação final do campeonato. Os times rebaixados não recebem nenhuma parcela referente ao terceiro bloco, a premiação, que é distribuída do 1º ao 16º lugar. Portanto, a permanência do Esquadrão evitou que o clube não recebesse tais valores.

No PPV, os clubes recebem uma parcela de acordo com a participação de suas torcidas sobre o valor repassado pela Globo. Ou seja, se um time tem 3% das vendas, ele receberá 3% dos valores.

Dos R$ 72,1 milhões recebidos pelo Esporte Clube Bahia, referentes ao Brasileirão de 2023, a distribuição foi a seguinte: R$ 31,9 milhões em cota fixa entre 19 equipes (exceto o CAP); R$ 16,3 milhões pela 16ª posição; R$ 6,05 milhões pela participação no PPV; e R$ 17,85 milhões pela quantidade de jogos transmitidos na TV Aberta e Sportv.

Veja o ranking completo:

1 – Flamengo (R$ 275,2 milhões)

2 – Corinthians (R$ 187,2 milhões)

3 – Grêmio (R$ 170,1 milhões)

4 – Palmeiras (R$ 162,6 milhões)

5 – Atlético-MG (R$ 121,2 milhões)

6 – Botafogo (R$ 112,5 milhões)

7 – São Paulo (R$ 111,7 milhões)

8 – Fluminense (R$ 105,7 milhões)

9 – Internacional (R$ 105,5 milhões)

10 – Cruzeiro (R$ 98,5 milhões)

11 – Vasco (R$ 97,6 milhões)

12 – Red Bull Bragantino (R$ 85,8 milhões)

13 – Fortaleza (R$ 73,6 milhões)

14 – Bahia (R$ 72,1 milhões)

15 – Cuiabá (R$ 66 milhões)

16 – Santos (R$ 64,2 milhões)

17 – Coritiba (R$ 49,9 milhões)

18 – Goiás (R$ 49,4 milhões)

19 – América-MG (R$ 42,8 milhões)

20 – Athletico (R$ 41,8 milhões)*

(UOL)

Foto:

Copyright © 2023 Bahia Economica - Todos os direitos reservados.