sexta, 19 de julho de 2024
Euro 6.0895 Dólar 5.5686

AUDITORES DA RECEITA NÃO FARÃO DESEMBARAÇO DE CARGAS NA BAHIA E SÃO PAULO

Emilly Lima - 19/01/2024 18:09 - Atualizado 19/01/2024

O Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Sindifisco) anunciou nesta sexta-feira, 19, que não fará o desembaraço de cargas em portos e aeroportos da Bahia e de São Paulo nos dias 22 a 26 de janeiro. Os servidores estão em greve desde o dia 20 de novembro de 2022.

A decisão acontece após reunião da entidade na Delegacia Sindical do Sindicato dos Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil, em Salvador, para discutir a falta de acordo do governo com relação à regulamentação da remuneração por produtividade da categoria, que desde 2017, reivindica por esse direito.

Segundo o Sindifisco, na reunião realizada em 27 de dezembro, entre representantes da entidade, o ministro Fernando Haddad e o secretário-especial da Receita, Robinson Barreirinhas, o governo informou que não haverá alteração na proposta apresentada para o pagamento do bônus de eficiência em 2024. Neste mês, em assembleia nacional, a categoria rejeitou a oferta apresentada pelo Ministério da Fazenda.

Serão afetados os serviços de liberação de mercadorias no aeroporto de Viracopos, no Porto de Santos, na alfândega de Salvador (a partir do dia 23) e no Aeroporto de Guarulhos. Apesar da decisão, cargas urgentes como as perecíveis, cargas vivas, cargas perigosas, medicamentos, insumos médicos, bagagens e alimentos de consumo de bordo ainda poderão ser liberadas.

“Os Auditores-Fiscais lamentam os eventuais transtornos e prejuízos que serão causados aos contribuintes, em especial à indústria nacional e ao comércio exterior, pois prejudicar a economia do Brasil nunca foi a nossa intenção, mas depois de sete anos de espera, não nos restou outra alternativa, a não ser acirrar a mobilização iniciada em 20/11/2023”, diz a entidade em nota.

Foto: Tatiana Azeviche | Setur

Copyright © 2023 Bahia Economica - Todos os direitos reservados.