domingo, 16 de junho de 2024
Euro 5.7376 Dólar 5.3763

CRIMES DE LESÃO CORPORAL AUMENTARAM 33% NA BAHIA

LIZANDRA MUNIZ - 10/01/2024 16:14

Os casos de lesão corporal seguida de morte aumentaram 33,3% na Bahia, em relação ao ano passado e 2022. Já homicídios, feminicídios e latrocínios tiveram uma redução. As informações foram apresentadas nesta quarta-feira (10), pela Secretária Pública da Segurança (SSP), pelo balanço das ocorrências policiais registradas na Bahia.

Dentre as mortes violentas, os casos de lesão corporal seguida de morte cresceram de 63 para 84 vítimas. No ano passado, foram registrados 4.599 mortes no estado, mas os homicídios diminuíram 6,3% na comparação com 2022.

Marcelo Werner, secretário da SSP, disse que as lesões corporais são muito difíceis de evitar e que isso está relacionado à cultura de violência. Ele pediu que as pessoas trabalhem mais a paz, no diálogo e o do respeito ao próximo.

“A análise dessas ocorrências mostram uma violência maior em um momento de lazer, é a briga do bar onde uma pessoa abusa da violência. Foi um dado que chamou nossa atenção, temos que propagar a cultura da paz e da não beligerância, temos trabalhado com ações preventivas, como as rondas, mas, às vezes, a gente não consegue evitar essas ocorrências”, explicou.

No ano passado, 105 mulheres foram vítimas de feminicídio, duas a menos que no ano anterior, e aconteceram 67 casos de latrocínio, 20 a menos que em 2022. A delegada geral da Polícia Civil, Heloísa Brito, celebrou a redução dos crimes e também comentou o crescimento de casos de lesão corporal no estado.

“A lesão corporal seguida de morte normalmente é um crime em que o indivíduo não tem a intenção de matar. Na maioria da vezes é uma briga, uma discussão, que causa uma lesão, a questão agudiza e a pessoa vem a falecer. A gente trata com o mesmo empenho com que investigamos um homicídio, porque é uma vida. É difícil para a polícia trabalhar com prevenção, mas trabalhamos na elucidação de cada um deles”, afirmou.

(Correios)

 

 

Foto: Jorge Cordeiro/ Ascom SSP

Copyright © 2023 Bahia Economica - Todos os direitos reservados.